Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Craques custam 185 milhões aos três grandes

Benfica lidera com investimento de 81 milhões de euros. Sporting apenas gastou 35 milhões
23 de Julho de 2010 às 00:30
Contratação de Roberto custou ao Benfica 8,5 milhões
Contratação de Roberto custou ao Benfica 8,5 milhões FOTO: Luís Vieira/Record

A crise económica parece não afectar o apetite dos três grandes, que no mercado de Verão já gastaram quase 60 milhões de euros na compra dos craques com que vão partir para a temporada 2010/2011. Isto quando ainda falta mais de um mês para o fecho da época de contratações (a 31 de Agosto) e quando algumas das maiores jóias da coroa do Benfica (como Ramires ou Fábio Coentrão), FC Porto (Bruno Alves, Raul Meireles e Fucile) e Sporting (Veloso e Djaló) podem estar de saída, o que poderá obrigar a novas compras.

Neste Verão, o Benfica já gastou 24,5 milhões, batendo o valor investido nas últimas duas épocas (só superado o ano passado, mas devido às compras de Inverno). O destaque, em termos de valor, vai para o guarda-redes espanhol Roberto, pelo qual o Benfica pagou 8,5 milhões de euros.

Os encarnados lideram a lista dos gastadores, campeonato que já vencem desde 2008/2009. No total, nestas três épocas o Benfica investiu mais de 81 milhões de euros em contratações.

Atrás do clube da Luz, surge o FC Porto, que gastou mais neste Verão do que nas duas últimas épocas. O total apresentado nas compras dos dragões é de 23,8 milhões de euros, devido sobretudo aos 11 milhões investidos na contratação de João Moutinho ao Sporting. As compras do FC Porto nas últimas três épocas têm somado valores praticamente similares (ver quadro), atingindo um total de 68,9 milhões.

No último lugar deste campeonato surge o Sporting. No entanto, o ímpeto comprador dos leões tem vindo a crescer desde que José Eduardo Bettencourt assumiu a presidência do clube e após a saída de Paulo Bento.

Depois de em 2008/2009 o Sporting ter gasto 9,65 milhões e de no último Verão apenas ter investido 3,6 milhões, a política de contratações parece ter-se invertido.

No último Inverno foram gastos mais de 11 milhões de euros e neste Verão as compras já superam os 10,4 milhões. Sinama Pongolle, o avançado francês contratado ao Atl. Madrid, foi a contratação mais dispendiosa, com o Sporting a pagar 6,5 milhões, um valor que pode subir aos 7,5 milhões, dependendo da performance desportiva do jogador.

BENFICA PODE ENDIVIDAR-SE AINDA MAIS

O elevado passivo do Benfica não preocupa Luís Filipe Vieira, presidente do clube. No final de Junho, Vieira garantiu mesmo que os encarnados ainda têm condições para se endividar mais, até porque os

activos são superiores à dívida. "O Benfica tem um endividamento de cerca de 225 milhões de euros e, se quiser liquidar essa dívida, só terá de vender jogadores. Se for preciso, vamos endividar-nos mais para

ter um Benfica competitivo", disse em entrevista à Benfica TV.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)