Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Custa perder assim

O técnico holandês Ronald Koeman não escondeu a insatisfação pelo resultado obtido pela sua equipa, mas fez questão de frisar que as pretensões na Liga dos Campeões continuam intactas. “Faltam duas jornadas e com quatro pontos ficamos apurados”, referiu.
3 de Novembro de 2005 às 00:00
Koeman considerou que o Benfica foi superior na 2.ª parte
Koeman considerou que o Benfica foi superior na 2.ª parte FOTO: Manuel de Almeida/Lusa
Koeman ficou resignado com a sorte do jogo. Com a frontalidade e imparcialidade que o caracterizam considerou que o adversário até esteve melhor na primeira parte, mas que a sua equipa merecia, pelo menos, o empate com o desempenho da segunda parte. “Não há explicação para este resultado. O Villarreal até foi melhor no primeiro tempo, mas corrigimos e fomos superiores no segundo, tendo criado melhores ocasiões de golo. Custa perder assim”, disse o holandês, justificando o seu desabafo: “A equipa está a jogar bem e a fazer pressão. Merecíamos o empate.”
Quanto às suas opções tácticas, o técnico benfiquista admitiu que sentiu a necessidade de ser mais ambicioso com as entradas de Mantorras e João Pereira. “O Karagounis ainda não aguenta os 90 minutos, por isso optámos por arriscar um pouco mais nas substituições”, adiantou.
O holandês considerou ainda que a utilização de Simão, mesmo com alguns condicionalismo, foi uma aposta ganha. “Não foi um risco muito grande, porque o jogador manifestou-se apto para o encontro”.
No que respeita ao futuro na ‘Champions’, Koeman defendeu: “Ainda está tudo em aberto. Faltam disputar duas jornadas e julgo que com quatro pontos garantimos a passagem à fase seguinte da Liga dos Campeões”.
Por seu turno, o capitão Simão confessou que quando fez o teste no início da partida sentiu algumas limitações, mas tinha uma vontade muito grande de jogar. “Entrámos bem no jogo, com o objectivo claro de vencer, mas faltou-nos um pouco de sorte. Estive cinco dias a recuperar e fiz um teste minutos antes do início da partida. No princípio ainda senti algumas limitações, mas quis dar o meu contributo à equipa”.
Simão afina mesmo pelo diapasão de Koeman quanto ao futuro europeu da equipa: “Ainda faltam duas partidas e estamos num grupo onde está tudo em aberto, por isso ainda podemos passar aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões”.
NÉLSON: 'FOI UM DIA NÃO'
Os cruzamentos de Nélson, desta feita, não foram decisivos para o Benfica. O lateral realizou mesmo uma exibição abaixo das suas potencialidades. “Foi um dia não. É daqueles dias que as coisas correm mal a toda a equipa. O Villarreal, depois deste jogo, não pode dizer que foi um justo vencedor”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)