Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

DEL NERI NÃO PROMETE NADA

Luigi Del Neri foi ontem apresentado como técnico do FC Porto para os próximos três anos. Com o cachecol dos Super Dragões ao pescoço, o técnico italiano não profetizou títulos como o antecessor José Mourinho – “não prometo nada” –, mas deixou claro que promete “empenho, trabalho e vontade de ganhar”.
24 de Junho de 2004 às 00:00
É esta atitude que o até agora treinador do Chievo Verona pretende fazer prevalecer no seio dos campeões europeus – “a equipa tem que entrar em campo com vontade de vencer”–, apostando no futebol ofensivo, onde a “mentalidade, táctica e o aspecto técnico sejam aliados da componente física”. Acima de tudo, Del Neri aponta como objectivo prioritário “jogar bem”.
Os adeptos do FC Porto podem estar tranquilos, pois o sucessor de Mourinho também promete “uma equipa de ataque, que vai trabalhar para fazer golos”. Del Neri não escondeu o seu entusiasmo por abraçar este “importante desafio”, sugerindo que vai privilegiar “mais o 4x2x4 do que o 4x4x2”.
O técnico italiano preconiza uma estrutura assente em “quatro defesas, extremos rápidos, jogadores hábeis a meio-campo e um bom ponta-de-lança”. Del Neri não foge às comparações com Mourinho – “servem como estímulo” –, deixando claro que está apto para dirigir os campeões, apesar de nunca ter disputado a Liga dos Campeões: “Em Itália defrontei equipas como o Milan, Juventus e Inter de Milão, o que é uma experiência muito importante”, acrescentando que no FC Porto se mantêm futebolistas como “Costinha, Derlei, Jorge Costa, Vítor Baía e Maniche” que dão garantias de qualidade ao campeão europeu.
PINTO DA COSTA ELOGIA CAMACHO
Como tudo o que acontece no FC Porto, a escolha de Del Neri para técnico da equipa passou invariavelmente por Pinto da Costa: “Foi uma escolha minha, que conhecia o seu trabalho em Chievo”.
O líder portista acrescentou que antes do primeiro contacto com Del Neri teve o cuidado de falar “com muitos amigos do futebol italiano”, perguntando quais eram “os grandes treinadores de Itália”.
“Todos sem excepção referiam dois ou três, mas todos incluíam o nome do senhor Del Neri”, explicou Pinto da Costa, que não teve dúvidas em apostar no técnico do Chievo Verona. Num outro âmbito, o presidente não escondeu a satisfação pela ida de Camacho para o Real Madrid: “Não vou esconder que fiquei feliz, no interesse do FC Porto, não do futebol português, porque desse aspecto é uma perda. Mas fiquei feliz por o senhor Camacho ter saído do Benfica”.
ECOS DO DRAGÃO
4º TREINADOR ESTRANGEIRO
Luigi Del Neri é o quarto treinador estrangeiro do FC Porto da era Pinto da Costa. Depois do croata Tomislav Ivic, do inglês Bobby Robson e do brasileiro Carlos Alberto Silva, desta vez o líder portista optou por um técnico italiano.
CONTI, MARANZA E ZAMPA NAS ANTAS
Del Neri vem para o FC Porto com os seus homens de mão. O adjunto Francesco Conti e o preparador físico Ugo Maranza já haviam trabalhado com ele no Chievo Verona. Junta-se o treinador dos guarda-redes Alessandro Zampa, ex-Udinese.
PERROTTA VAI CONTINUAR EM ITÁLIA
O internacional italiano Perrotta não deverá acompanhar Gigi nesta aventura pelo futebol português: “Acho que vai ficar em Itália”, deixou escapar o novo técnico, acrescentando que “tem o Pedro Mendes e Maniche, que fazem muito bem esse trabalho”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)