Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

"Depois disto, só podem demitir-se": Francisco J. Marques critica Governo após Final da Liga dos Campeões

"Todos os portugueses viram que não houve bolhas, disse o diretor de comunicação do FC Porto.
Record 30 de Maio de 2021 às 09:52
Francisco J. Marques
Francisco J. Marques
O diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, recorreu este sábado às redes sociais, pouco depois do final do Man. City-Chelsea (0-1), para deixar várias publicações na quais coloca em causa a ação do Governo, pedindo mesmo a demissão do Ministro da Educação e secretário de Estado da Juventude e Desporto.

Tudo por causa da presença de adeptos nas bancadas do Dragão na decisão da Champions, mas também por conta dos benefícios fiscais que foram concedidos à UEFA neste período.

"Depois disto o ministro da Educação e o secretário de Estado da Juventude e Desporto só podem demitir-se. A falta de vergonha desta gente faz com que hoje tenha havido um jogo com milhares de pessoas e amanhã há um jogo de basket a que nem os familiares dos atletas podem assistir", pode ler-se no tweet de Francisco J. Marques. "Disseram que os adeptos dos finalistas da Champions vinham em bolha, mas todos os portugueses viram que não houve bolhas nenhumas e que os responsáveis mentiram ao país. Oxalá o preço destas falsidades não seja muito alto. Ao FC Porto não devolvem os milhões retidos de IVA mas a UEFA lá voltou a ter todos os benefícios fiscais a que os portugueses nunca têm direito. O desporto precisa de outra gente, que fale verdade e defenda os clubes portugueses", continou.

Ver comentários