Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

DGS vê risco "mínimo" em 27 mil espetadores no Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1 se regras forem cumpridas

Graça Freitas defende que é o um "risco calculado".
Lusa 21 de Outubro de 2020 às 13:29
Graça Freitas, diretora-geral da Saúde
Graça Freitas
Graça Freitas
Graça Freitas, diretora-geral da Saúde
Graça Freitas
Graça Freitas
Graça Freitas, diretora-geral da Saúde
Graça Freitas
Graça Freitas
A diretora-geral da Saúde considerou esta quarta-feira que a presença de 27.500 espetadores no Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1 é "um risco calculado" e salientou que, se forem cumpridas as regras, o risco "é mínimo".

"Há uma série de coisas a que a organização se comprometeu e que nós estamos certos que, se forem cumpridas, o risco para a saúde pública é mínimo", afirmou, destacando que este "será um evento que, do ponto de vista da saúde pública, terá segurança".

Graça Freitas participou hoje no seminário "O Exército português na resposta nacional à covid-19 -- experiência e desafios", uma iniciativa que decorreu na Academia Militar, na Amadora (distrito de Lisboa), no âmbito das comemorações do dia do Exército.

DGS Saúde economia negócios e finanças segurança
Ver comentários