Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Dias Ferreira: “Não são precisos 100 milhões”

Dias Ferreira afirmou esta terça-feira que quer que o clube volte aos tempos de João Rocha e gostaria de ter João Rocha Jr., filho do ex-presidente, na sua lista. O candidato às eleições do Sporting recusou ainda falar de fundos de investimento.
14 de Março de 2011 às 13:16
Dias Ferreira, candidato à presidência do Sporting
Dias Ferreira, candidato à presidência do Sporting FOTO: Pedro Ferreira/Record

Em entrevista à agência Lusa, Dias Ferreira considerou que a sua candidatura à presidência do Sporting "está no meio" dos projectos de Godinho Lopes, que representa "a continuidade", e de Bruno de Carvalho, a "renovação completa".

Dias Ferreira recusou falar em fundos de investimento, admitindo, no entanto, que talvez "não sejam precisos 100 milhões" para o futebol e defendeu a necessidade de pagar à banca portuguesa e ir buscar dinheiro ao estrangeiro. 

Paulo Futre, na gestão do futebol, a aposta no treinador Frank Rikjaard e na formação são as linhas mestras de estratégia desportiva, enquanto na área financeira o candidato pretende "contratar alguém com experiência no mercado".

As eleições no Sporting, às quais concorrem cinco candidatos, realizam-se a 26 de Março.

sporting dias ferreira candidatos paulo futre futebol
Ver comentários