Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Disponível para treinar selecção

José Mourinho está perto de regressar a Inglaterra para assumir o cargo de seleccionador. O empresário do técnico português, Jorge Mendes, já está a negociar com a Federação inglesa.
8 de Dezembro de 2007 às 00:00
O ‘Special One’ tinha viagem marcada para Inglaterra – segundo o próprio declarou a uma televisão inglesa, para “rever amigos” e “fazer compras de Natal” –, mas decidiu ficar em Portugal para não alimentar os rumores. Mas questionado sobre a possibilidade de assumir a selecção inglesa, Mourinho sorriu e deixou no ar a questão: “Por que não?”
A imprensa britânica avançou que Mourinho, de 44 anos, era esperado ontem em Inglaterra para se reunir com um dos responsáveis da Federação, Brian Barwick, e ultimar os pormenores de um contrato de cerca de 8,5 milhões de euros/ano.
O jornal ‘The Sun’ refere mesmo que Mourinho viajou de jacto privado e que aterrou no Aeroporto de Farnborough (habitualmente utilizado por celebridades como David Beckham e Elton John) para não ser reconhecido.
No entanto, a Federação inglesa negou ter uma reunião marcada com ‘Jose’. “Não posso dizer quais são os compromissos diários de José Mourinho, mas o que posso afirmar é que ele não está a viajar para se reunir com a Federação”, disse o director de comunicação do organismo, Adrian Bevington.
A imprensa também revelou que o treinador italiano Fabio Capello – outro dos nomes mais falados para assumir o cargo de seleccionador inglês – esteve reunido com a Federação. Mas essa informação foi negada por Adrian Bevington.
Uma das principais razões para o regresso de ‘Jose’ a Inglaterra é a sua mulher, Matilde. O ‘The Sun’ cita uma fonte próxima da família Mourinho e conta que Tami, de 41 anos, “tem muitas saudades de Londres” e que os filhos – Matilde (dez anos) e José (seis) – “têm sido muito assediados”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)