Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Dívidas fiscais castigam clubes

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional impediu nove clubes de registarem novos contratos ou de utilizarem jogadores com prévia ligação aos emblemas, apesar de ter aceite todos os processos de candidatura à participação na Liga principal e na Honra.

26 de Junho de 2012 às 01:00
Olhanense e Vitória de Setúbal estão entre os nove clubes em incumprimento
Olhanense e Vitória de Setúbal estão entre os nove clubes em incumprimento FOTO: Rui Minderico

V. Setúbal, V. Guimarães e Olhanense, no campeonato principal, e Leixões, Belenenses, Naval, Trofense, Atlético e Desp. Aves, na Liga de Honra, estão impedidos de inscrever atletas, devido ao "não cumprimento" na verificação de dívidas ao Fisco e à Segurança Social.

"A fim de poderem participar em competições profissionais, os referidos clubes devem dar cumprimento às normas estabelecidas no nº 5 do artigo 53 do Regulamento de Competições", lê-se no comunicado do organismo da Liga.

"Temos tudo controlado. Temos efectivamente uma dívida ao Fisco. A situação vai ser normalizada a tempo", disse Isidoro Sousa [Olhanense] sobre os prazos que, segundo fonte da Liga, "serão divulgados tão breve quanto possível". "Não temos dívidas ao Fisco nem à Segurança Social. Estamos apenas à espera da emissão das certidões para regularizar a situação", observou ao CM António Soares, presidente do Belenenses.

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional adiantou ainda que os processos de candidatura do Sp. Covilhã e dos clubes oriundos da II Divisão (Tondela e Varzim) continuam "em curso" e que a comissão executiva da Liga "divulgará oportunamente a sua deliberação".

LIGA DÍVIDAS CLUBES FUTEBOL
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)