Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

“Diz que está a 80 por cento”

Liedson disse ao procurador e amigo Renato Silva que, apesar dos três golos marcados ao Heerenveen, o melhor ainda está para vir. "Falei ontem com o Liedson e ele disse-me que ainda só está a 80 por cento. Eu disse-lhe que, quando estiver a cem, então, nem quero imaginar."
19 de Setembro de 2009 às 00:30
Liedson, aqui a festejar com Hélder Postiga, diz que na Holanda não fez mais do que ajudar a equipa
Liedson, aqui a festejar com Hélder Postiga, diz que na Holanda não fez mais do que ajudar a equipa FOTO: Reuters

Na conversa com Renato, Liedson manteve a humildade que o caracteriza. "Disse-me que não fez mais do que ajudar, mas marcar três golos na Europa não é para todos", disse com orgulho.

O mais recente internacional português vai numa série de cinco golos em somente três jogos e Renato garante que não vai ficar por aí. "Para ele, o mais difícil é marcar o primeiro. A pré-época é sempre a meio-gás, mas depois ganha ritmo e chegam os golos."

À pergunta do CM sobre se Liedson vai a caminho de merecer uma estátua, responde com prudência. "Já está na história, é o melhor marcador do clube na Europa [23 golos] e ainda vai dar mais. Sei que será sempre lembrado." Renato Silva acrescenta: "Outubro será um mês de ouro para ele. Vai ser pai e tentar levar Portugal ao Mundial da África do Sul."

A equipa do Sporting chegou a Lisboa, sob aplausos dos presentes no Aeroporto. Liedson foi o mais solicitado para dar autógrafos.

SÁ PINTO ELOGIA LIEDSON

Sá Pinto elogiou Liedson, embora entenda que um jogador não pode fazer uma equipa. " O Liedson não pode ser pressionado para ser sempre ele a resolver, nem o Sporting pode estar à espera disso. Todos são importantes dentro da equipa. Não interessa quem marca, mas sim que equipa possa ganhar", disse o antigo jogador.

Para Sá Pinto, os companheiros de Liedson têm muito a ver com o sucesso do 31. "Liedson é fundamental na equipa. Faz jus aos cartazes que os adeptos têm no estádio. Felizmente, Liedson tem resolvido, mas os colegas têm ajudado, e de que maneira, para que ele possa finalizar. Todos são importantes, mas o papel do Liedson é fazer golos", referiu o antigo futebolista, confiante na conquista do título pelos leões. "Temos jogadores de qualidade e claro que acredito. O plantel é praticamente o mesmo. Se o ano passado o podíamos fazer, este também, independentemente dos reforços dos adversário."

Ver comentários