Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Do passado vivem só os museus

A Espanha tem fraquezas que vamos tentar ultrapassar e quanto ao palmarés deles, do passado vivem só os museus e as lojas de antiguidade.” As palavras são de Orlando Duarte, seleccionador nacional de futsal, que mostra assim toda a confiança e ambição da equipa portuguesa para o encontro com a Espanha, actual campeã da Europa e do Mundo, relativo às meias-finais do Europeu que decorre em Gondomar (20h00, na SIC).
23 de Novembro de 2007 às 00:00
Orlando Duarte acredita que Portugal pode derrotar hoje a Espanha e chegar à final do Euro
Orlando Duarte acredita que Portugal pode derrotar hoje a Espanha e chegar à final do Euro FOTO: Amândia Queirós/Record
Orlando Duarte assegura que os seus jogadores vão entrar em campo com uma única ideia em mente: vencer para chegar à final. “Eles podem ser melhores do que nós mas vão ter de o provar em campo. Os jogadores não estão nervosos, nem vão meter a cabeça num buraco. Queremos é ganhar o jogo”, disse o técnico da selecção nacional.
Para ultrapassar a Espanha, Orlando Duarte afirma que o apoio dos adeptos portugueses será essencial. “O público tem tido um papel essencial. Não ganhamos nada sozinhos. Queremos que seja o País a ganhar e que o futsal possa crescer em quantidade e qualidade em Portugal”, concluiu.
“EQUIPA MUITO PRAGMÁTICA”
O ala André Lima, jogador do Benfica que falhou este Europeu devido a lesão, garantiu que Portugal não terá tarefa fácil frente à Espanha, mas acredita que tem tudo para vencer. “A Espanha é uma equipa muito pragmática que não tendo desequilibradores, tem um jogo muito cínico. No entanto, há muito que não sentia que temos qualidade para ultrapassar a Espanha”, disse ao CM o embaixador do torneio.
O habitual capitão da equipa portuguesa garante ainda que ultrapassando a Espanha, o título ficará mesmo muito perto: “Tenho dito que este é o jogo mais difícil de Portugal. Passando, o jogo da final, até pelo apoio que Portugal poderá contar, será mais acessível.”
A terminar, André Lima deixou uma mensagem aos seus companheiros: “Dêem as mãos e quando sentirem as dificuldades, sejam iguais a vós próprios e ajudem-se.”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)