Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Domínio apenas no tempo extra

Com um golo e uma assistência, Hugo Viana eliminou o Leixões da Taça de Portugal, num jogo em que o Sp. Braga teve posse de bola avassaladora mas pouca arte para encantar os adeptos que resistiram ao frio.
20 de Outubro de 2012 às 01:00
Alan esteve muito apagado e sem os habituais rasgos
Alan esteve muito apagado e sem os habituais rasgos FOTO: Record

A política de poupanças de José Peseiro, já a pensar no embate da Champions em casa do Manchester United, redundou numa partida pastosa, sem intensidade nem fio de jogo, mas do outro lado também não se viu grande inspiração no ataque. Aliás, o guarda-redes Quim não teve trabalho, tanto nos 90’ como no prolongamento.

Mossoró e Hugo Viana, sobretudo eles, tentaram combater o marasmo e a intranquilidade que se foi apoderando do Sp. Braga. O primeiro disparou de primeira ligeiramente ao lado da baliza, na única oportunidade de golo credível da 1ª parte, e o segundo fartou-se de rematar na segunda, desesperando perante os bons reflexos do guarda-redes Rui Sacramento, que esteve sempre no sítio certo.

A teimosia de Hugo Viana acabou por compensar no prolongamento. Primeiro, o médio inaugurou o marcador num livre directo. É verdade que Sacramento não está isento de culpas, mas a bola também desenhou um ângulo caprichoso. Logo depois, Viana isolou e ofereceu um golo a Ruben Micael, que só entrou na derradeira fase do jogo. O madeirense não hesitou em rematar para o fundo da baliza. Éder fechou a contagem, após cruzamento de Ruben Amorim.

JOSÉ PESEIRO: "ACABOU BEM"

"O prolongamento é justo pelo que o Leixões fez no jogo. Dominámos, criámos situações de golos e temos de louvar a exibição do adversário", começou por dizer José Peseiro, acrescentando: "Preferíamos não ter feito o prolongamento devido ao jogo da Champions, mas acabou bem. Podia ter acontecido o pior. Foi uma vitória justa".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)