Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Dragão em crise põe jóias no mercado

Ano negativo nas provas europeias agudiza necessidade de o clube se desfazer das joias.
13 de Abril de 2014 às 16:33
Jackson é o melhor marcador da Liga
Jackson é o melhor marcador da Liga FOTO: Estela Silva/Lusa

A má época do FC Porto vai obrigar a SAD azul e-branca a fazer vendas de jogadores importantes para conseguir equilibrar as contas. Ao que o CM apurou, o clube tem o objetivo de fazer 50 milhões de euros em vendas para assim recolocar as contas azuis em terreno positivo. A quebra nas receitas previstas nas competições europeias veio agudizar ainda mais esta necessidade de o clube se desfazer de algumas das joias. Apesar de já em janeiro terem sido vendidos jogadores como Otamendi e Lucho, as contas continuam negativas.

Essa obrigação de vender deverá obrigar à saída de alguns dos jogadores mais importantes do plantel. O defesa-central francês Mangala, o médio Fernando e o avançado colombiano Jackson Martínez são os principais candidatos a abandonar o Dragão no defeso e todos já se mostraram disponíveis para o fazer. Se no caso do defesa e do médio o Manchester City é o mais provável candidato, para Jackson existem vários clubes por toda a Europa. Também jogadores como Danilo e Alex Sandro podem acabar por sair do FC Porto.

Além das mudanças na equipa, também no banco irão haver alterações importantes. Tal como o CM já noticiou, Fernando Santos, que já afirmou que não vai continuar à frente da seleção da Grécia depois do Mundial do Brasil, no próximo verão, é o nome escolhido para assumir a equipa e já está a par da necessidade de vender alguns jogadores, apurou o CM.

“Uma atitude mais positiva”

“Temos de ter uma atitude mais positiva para o jogo frente ao Braga. Temos de abordar o jogo de forma totalmente diferente daquela que tivemos em Sevilha”, afirmou ao Porto Canal o treinador do FC Porto, Luís Castro, na antevisão do jogo de hoje (19h15, Sport TV 1).    

Apesar de afirmar que a equipa está totalmente focada no jogo frente aos minhotos, Luís Castro mostrou-se descontente com a exibição da equipa na derrota (1-4) de quinta-feira frente ao Sevilha. “A atitude em Sevilha devia ter sido mais positiva.

Devíamos ter sido mais determinados em alguns momentos daquela partida”, vincou. Já sobre se a proximidade do jogo de Braga com o encontro com o Benfica (2ª mão das meias-finais da Taça de Portugal) vai influenciar o FC Porto, o técnico afirmou que vai “tentar relacionar os dois jogos da melhor forma”.

Quaresma e Danilo de fora a pensar no Benfica

Na convocatória de Luís Castro para o jogo de hoje, destaque para as ausências de Ricardo Quaresma e de Danilo. Os dois jogadores foram preteridos pelo técnico para assim estarem nas melhores condições no jogo de quarta-feira (20h45) no Estádio da Luz, frente ao Benfica, referente à 2ª mão das meias-finais da Taça de Portugal.

Apesar de ter afirmado que a equipa está “totalmente concentrada” no jogo de Braga, é provável que Luís Castro faça gestão do plantel, à imagem do que fez na semana passada frente à Académica, em que deu descanso a Alex Sandro na segunda parte e ainda Silvestre Varela. Na convocatória, destaque para os regressos de Abdoulaye, Jackson e Fernando, que não foram opção em Sevilha.

FC Porto SAD milhões Europa contas Mangala Fernando Jackson
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)