Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Dragão lança fogo

Por este andar, talvez não se notem mesmo as saídas de Lucho e Lisandro. Silvestre Varela não é nenhum dos argentinos, mas joga bem pela direita e ainda aparece no centro da área a finalizar. Golo do FC Porto e uma conclusão. Quem reforça a equipa integra-se bem e joga quase de olhos fechados com quem lá está há anos. Rotina que o hábito de vitória fortalece.
24 de Julho de 2009 às 00:30
Silvestre Varela esteve em destaque ao marcar o golo da vitória
Silvestre Varela esteve em destaque ao marcar o golo da vitória FOTO: d.r.

O FC Porto que ontem ganhou ao Dínamo de Bucareste ainda está no tubo de ansaio. Se pensarmos que Cristían Rodriguez, Helton, Raul Meireles e Rolando nem sequer foram titulares (os três últimos jogaram na segunda parte), então a coisa ainda promete mais para o lado dos dragões.

O Dínamo de Bucareste gostou do ambiente de Verão em Albufeira e quase tirou férias do ataque à baliza de Beto, excepção feita a um remate de longe para grande defesa do internacional português.

Mas deu sempre muito mais FC Porto, que quando metia velocidade no jogo, deixava a defesa romena para trás. A precipitação de Mariano , depois de bem isolado por Belluschi (boa visão de jogo), impediu o 2-0.Claro que nem tudo foi ouro sobre azul. Mariano revelou dificuldades à esquerda e Alvaro Pereira deu ideia de ser bem melhor a atacar do que a defender.

Para a segunda parte, Jesualdo colançou sete novos jogadores. Fase para adaptações, com Nuno André Coelho a não estranhar o lugar de lateral direito e para as estreias de Falcão e Valeri. Mas a corrente do jogo já não favorecia grandes feitos dos dois reforços, o que se confirmou. Faltou-lhes tempo, pois o dragão descomprimiu.

BELLUSCHI À LUPA

27 ‘ Assiste Mariano para um grande defesa de Dolha

37’ Servido por Mariano, remata forte à entrada da área, mas por cima da baliza

37’ Sofre falta e fica a queixar-se da zona lombar

46’ Substituído por Raul Meireles

Passes certos: 17

Passes errados: 2

Recuperações: 1

Faltas sofridas: 2

Faltas cometidas: 0

Remates: 1

Assistências: 0

Golos: 0

FICHA DE JOGO

Jogo particular

Estádio Mun. de Albufeira - Assistência: 6.000

FC PORTO: Beto (Helton 46’), Fucile (Nuno Coelho 46’), Maicon, Bruno Alves (Rolando 46’), Álvaro Pereira (Benítez 46’), Fernando (Tomás Costa 46’), Guarín (Valeri 72’), Belluschi (Raul Meireles 46’), Mariano (Falcão 68’), Silvestre Varela, Hulk  (Farías 46’).

Treinador: Jesualdo Ferreira

D. BUCARESTE: Emilian Dolha, Cristian Pulhac, Cosmin Moti (Lucian Goian 46’), Sergiu Homei, Adrian Cristea, Andrei Cristea, Laurentiu Rus, Dragos Grigore, Gabriel Torje (C. Niculescu 88’), Marius Niculae (Scarlatache 46’), Tamas.

Treinador: Dario Bonetti

Golos: 1-0 Silvestre Varela (16’)

Árbitro: Bruno Esteves (Setúbal) 7

Disciplina: amarelos: Hulk (15’), Laurentiu Rus (40’)

Classificação do jogo 5

Ver comentários