Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

DRAGÃO POUPADO ENSAIOU... A FIESTA

O campeão FC Porto venceu sem grande dificuldade o frágil Varzim, numa partida com pouco brilho e na qual os poveiros apenas criaram alguma resistência na segunda parte quando o varzinista José António apontou dois golos na sequência de lances de bola parada.
18 de Maio de 2003 às 00:02
Dragões ensaiam a festa para Sevilha
Dragões ensaiam a festa para Sevilha FOTO: José Manuel Ribeiro (Reuters)
Apesar dos muitos futebolistas que foram poupados pelo FC Porto, dado que quarta-feira defronta o Celtic de Glasgow na final da Taça UEFA – José Mourinho apenas fez alinhar três dos habituais titulares (Vítor Baía, Pedro Emanuel e Capucho), recorrendo inclusive a três jogadores da equipa B, Hugo Luz, Buszaki e Elias –, o campeão não teve grandes dificuldades para se superiorizar ao Varzim.
Frente a um adversário com evidentes dificuldades em ensaiar situações de perigo junto à área portista, o FC Porto desde muito cedo arrumou com a história do jogo, com um primeiro golo do regressado Jankauskas que, após um longo período afastado devido a lesão, mostrou estar em condições de poder substituir o castigado Postiga na final de Sevilha.
O ponta-de-lança Jankauskas não perdoou quando foi servido no coração da área pelo húngaro Buszaki e pouco depois foi a vez de Capucho responder com um remate à meia volta ao cruzamento do lituano.
Mas o grande momento do jogo estava reservado para perto do intervalo, quando o carismático Paulinho Santos rematou em arco para o fundo das redes varzinistas, fazendo um golo de belo efeito que fez levantar todos os presentes no Estádio das Antas.
Um tento festejado em uníssono no tributo ao futebolista que esta época arruma as botas, terminando a sua ligação ao FC Porto enquanto jogador de futebol.
O segundo tempo não teve o mesmo brilho que a primeira parte. A registar apenas os dois tentos de José António para o Varzim – concluiu lances nascidos dos pés de Quim Berto –, que esta época em dois jogos nas Antas, para a Taça de Portugal e SuperLiga, sofreu... 10 golos.
Um triunfo justo conquistado durante a primeira parte, já a pensar no próximo jogo frente ao Celtic, na esperada final de Sevilha.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)