Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Dragões apedrejados

A comitiva do FC Porto foi ontem apedrejada à chegada ao estádio do Estoril. Uma pedra atirada de um viaduto por desconhecidos atingiu o autocarro da equipa, acabando por fazer ricochete no carro que seguia imediatamente atrás, o do presidente do FC Porto, Pinto da Costa.
25 de Janeiro de 2010 às 00:30
O carro de Pinto da Costa ficou com o pára-brisas rachado
O carro de Pinto da Costa ficou com o pára-brisas rachado FOTO: Miguel Barreiras/Record

O Peugeot, onde seguia o director de comunicação portista, Rui Cerqueira , e uma funcionária do FC Porto ), chegou ao parque de estacionamento com o vidro da frente partido. Quando os fotógrafos se aproximaram para tirar fotos, Pinto da Costa e Joaquim Pinheiro ordenaram que os portões do local fossem encerrados para evitar a captação de imagens.

Já no local, o capitão Gomes, da GNR, informou que a comitiva azul-e-branca, depois do jogo, iria seguir um caminho diferente rumo ao Porto, de forma a evitar quaisquer tipo de incidentes.

COMITIVA AZUL TRANQUILA

O apedrejamento ocorreu perto das 18h30 de ontem – a cerca de dois quilómetros do Estoril – e não tirou a boa disposição à comitiva dos campeões nacionais. José Gomes, adjunto de Jesualdo Ferreira, brincou com o incidente . "Está tudo em forma , nós e a pessoa que atirou a pedra", gracejou o técnico, instantes antes de a equipa portista entrar para o aquecimento no Estádio António Coimbra da Mota.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)