Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

DRAGÕES NA MADEIRA SEM LATERAL-DIREITO

O FC Porto viaja ao início da manhã para a Madeira, onde amanhã defronta o Nacional sem um único lateral-esquerdo de raiz. Com Mário Silva a recuperar de uma lesão muscular contraída no último jogo com o Panathinaikos – Nuno Valente também ainda não está em pleno para ser chamado à lista de convocados –, o técnico José Mourinho deverá recorrer ao polivalente Ricardo Costa para ocupar o lado esquerdo da defesa.
23 de Março de 2003 às 01:10
Uma solução já ensaiada na vitória sobre o Benfica, no Estádio da Luz, e que poderá ser repetida na Madeira, numa partida que vai assinalar os regressos de Pedro Emanuel e César Peixoto. Enquanto o extremo-esquerdo foi preterido por opção técnica na recente viagem a Atenas, já o central Pedro Emanuel não integrou o lote de convocados para o segundo jogo com o Panathinaikos porque saiu lesionado do primeiro duelo com os gregos disputado nas Antas.
Completamente recuperado do pequeno toque que sofreu na primeira ‘mão’ dos quartos-de-final da Taça UEFA, Pedro Emanuel pode assim regressar ao eixo da defesa portista, a não ser que o técnico José Mourinho volte a insistir em Ricardo Carvalho que tão bem tem dado conta do recado ao lado do capitão Jorge Costa.
Depois da folga gozada na sexta-feira, ontem os titulares frente ao Panathinaikos regressaram ao trabalho. Após o treino foram conhecidos os convocados. Assim, Vítor Baía, Nuno, Paulo Ferreira, Secretário, Pedro Emanuel, Jorge Costa, Ricardo Costa, Ricardo Carvalho, Costinha, Tiago, Maniche, Deco, Alenitchev, Capucho, Marco Ferreira, Clayton, Hélder Postiga, Jankauskas, César Peixoto e Derlei foram os eleitos de José Mourinho para o confronto com o Nacional.
O esquerdino Mário Silva não foi chamado por precaução, mas tudo aponta que esteja em pleno para dar o contributo à selecção de Scolari no jogo particular frente ao Brasil no Estádio das Antas. Quanto a Nuno Valente, tudo se conjuga para que regresse à competição no jogo frente ao Celta de Vigo a 27 de Março, quando no Estádio dos Balaídos, em Vigo, os portistas participarem na homenagem a Vlado Gudelj.

LIGA ARQUIVOU PROCESSO A MOURINHO
A Comissão Disciplinar da Liga arquivou um dos processos disciplinares ao técnico portista José Mourinho, na sequência das declarações proferidas pelo treinador após o jogo com o Paços de Ferreira.
Na altura José Mourinho queixou-se de "batota", o que mereceu por parte do árbitro Paulo Paraty a apresentação de uma queixa junto da Liga de Clubes.
Entretanto decorre um outro processo disciplinar instaurado ao treinador portista, que após a goleada nas Antas frente ao Denizlispor deixou entender que o FC Porto era o alvo a abater: "Em condições normais seremos campeões. Em condições... anormais também seremos campeões", despedindo-se da conferência de Imprensa com um murro na mesa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)