Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

"É o jogo mais difícil da minha vida": Rui Costa eleito presidente do Benfica

Novo presidente tomou posse de madrugada, após um ato eleitoral histórico. ‘Maestro’ bateu Francisco Benitez por números expressivos.
Filipe António Ferreira 11 de Outubro de 2021 às 01:30
Rui Costa é o novo presidente do Benfica
Rui Costa saudado pelos adeptos nos jogos de duas modalidades
Francisco Benitez assumiu derrota
Rui Costa é o novo presidente do Benfica
Rui Costa saudado pelos adeptos nos jogos de duas modalidades
Francisco Benitez assumiu derrota
Rui Costa é o novo presidente do Benfica
Rui Costa saudado pelos adeptos nos jogos de duas modalidades
Francisco Benitez assumiu derrota
"É o jogo mais difícil da minha vida. Assumo a maior responsabilidade da minha vida. Sei a responsabilidade que tenho em cima dos meus ombros. É um dia que me orgulha muito. Foi no dia 10 do 10, pelo que estava destinado.” As primeiras palavras de Rui Costa como novo presidente do Benfica surgiram já a madrugada deste domingo ia longa na Luz.

No discurso de tomada de posse depois de uma vitória esmagadora, com 84,48% dos votos, nas eleições mais concorridas de sempre (40 085 sócios votaram), o ‘maestro’ pediu união: “Ao ser eleito com mais votantes tenho claras as responsabilidades sobre mim. Não temos vencedores ou vencidos, mas virámos uma página do clube. A causa que nos une é o Benfica e não temos outra.”

Para os próximos quatro anos, Rui Costa não tem dúvidas em afirmar que a missão é só uma: ganhar. “O objetivo é vencer todas as competições onde estivermos presentes. Essa é a prioridade absoluta. Somos a maior instituição desportiva nacional, que se orgulha muito da sua história. Somos Benfica”, salientou, num discurso em que não foi esquecido o seu antecessor, Luís Filipe Vieira: “Virámos hoje uma página na história do nosso clube, em que sucedo no cargo de presidente a Luís Filipe Vieira, cuja obra de recuperação, consolidação e crescimento do Benfica ao longo de 18 anos merece o melhor dos reconhecimentos. Amanhã [dia 10 de outubro] inicia-se um novo ciclo, com redobrada ambição e confiança no futuro.”


O sócio número 6034 fez ainda questão de elogiar o candidato vencido. “Quero também deixar uma palavra de elogio, na pessoa de Francisco Benitez, a todos os benfiquistas que se candidataram aos diversos órgãos sociais do nosso clube por parte da lista B. Fizeram jus ao seu lema Servir o Benfica, contribuindo para esta eleição histórica”, destacou.


Presidente assume controlo do futebol
Rui Costa vai assumir pessoalmente a pasta do futebol no Benfica. Ao que o CM apurou, o novo presidente quer continuar a tomar todas as decisões mais importantes no que diz respeito à equipa de futebol.

Rui Costa terá, em determinados momentos, o apoio do diretor-geral Rui Pedro Braz. Foi, assim, que o clube se organizou depois da detenção de Luís Filipe Vieira, com o mercado de transferências aberto.

O CM sabe ainda que a nova direção vai reunir-se nos próximos dias para decidir o futuro de Domingos Soares de Oliveira. A saída do administrador da SAD é um dado adquirido. Essa notícia foi, de resto, avançada em primeira mão pelo CM. Falta decidir quando é que essa saída vai acontecer. No limite, o dirigente admite ficar até ao fim do mandato, ou seja, até 2024.

Rui Costa já assumiu que gostava de continuar a contar com Soares de Oliveira, mas está a ser fortemente pressionado para lhe retirar poder. Vários elementos dos novos órgãos sociais entendem que o antigo braço-direito de Vieira teve demasiada influência na forma como o clube foi gerido. Os ‘vices’ Luís Mendes, Jaime Antunes e Manuel Brito estão entre os possíveis sucessores.

líder Nos triunfos do futsal e voleibol
Poucas horas após tomar posse, Rui Costa passou a tarde deste domingo nos pavilhões da Luz. Viu o triunfo da equipa de futsal com o Leões Futsal (4-0) e depois mudou de pavilhão para vibrar com os instantes finais do encontro da equipa masculina de voleibol, que venceu o Fonte Bastardo por 3-2 (14-25, 27-25, 25-23, 21-25, 15-12).

"A união conquista-se"
“Enorme vitória dos benfiquistas. Uma vez mais, foi batido o recorde de participação. Sinal de que a cidadania está bem viva e não voltará a adormecer. Congratulo Rui Costa. Durante a campanha pediu união, mas relembro-o que a união não se pede, conquista-se. Assumo a derrota, que se fez de pequenas conquistas, como o voto físico e a realização das eleições em dia não útil”, disse Francisco Benitez, que foi dar um abraço ao rival no Pavilhão da Luz.
Ver comentários