Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

"É um direito falar do árbitro”

Paulo Bento, treinador do Sporting, diz que não se sente visado pelas críticas de Jesualdo Ferreira (FC Porto) a colegas de profissão “que falam muito da arbitragem”.
25 de Abril de 2009 às 00:30
Paulo Bento pede “determinação no máximo” diante do E. Amadora
Paulo Bento pede “determinação no máximo” diante do E. Amadora FOTO: Miguel A. Lopes / Lusa

– O Estrela derrotou (2-1) o FC Porto para a Taça. Espera um adversário moralizado?

Paulo Bento – É um alerta. Temos de ter a concentração e a determinação no máximo. Caso contrário iremos ter dificuldades para ganhar.

– Jesualdo Ferreira criticou quem está sempre a falar da arbitragem. Sentiu-se atingido?

– Eu vou continuar a falar. Um treinador tem deveres e direitos e por isso, pode falar de todos os intervenientes no jogo, árbitro incluído.

– Sente que o FC Porto está nervoso por ter emitido um comunicado a criticar a passividade dos árbitros, após a lesão de Hulk?

– Nervoso? Não faço ideia, nem me interessa. Só falo do Sporting, mas digo que a integridade física deve ser defendida para todos os jogadores, não apenas os mais talentosos. E os que não são talentosos, podem partir-lhes as pernas?

– Esperava ser suspenso após a expulsão em Guimarães?

– A expulsão foi injusta, mas a minha reacção não foi correcta. Acatei a decisão, tal como fiz quando fui castigado com 12 dias.

– Como analisa as agressões de Pepe a jogadores do Getafe?

– Foi uma atitude nada bonita, irreflectida, mas eu também tive coisas negativas nos tempos de jogador.

CARLA DEFENDE JOSÉ VEIGA

Carla Rodrigues disse ontem no julgamento que opõe o Sporting a José Veiga que o ex-marido, João Pinto, não tinha empresário quando se vinculou ao Sporting, em 2000. 'José Veiga actuou como amigo e nada recebeu', afirmou no Tribunal Criminal de Lisboa.

Dias da Cunha também foi ouvido, mas limitou-se a dizer que assinou um documento de 'encontro de contas', quando João Pinto reclamou parte dos dez milhões de euros envolvidos no negócio. Já Rita Figueira, administradora da SAD leonina, adiantou que os quatro milhões de euros relativos ao 'prémio de assinatura' foram pagos à empresa inglesa Goodstone , 'que se assumiu como detentora dos direitos desportivos de João Pinto'. O Sporting considera que Veiga colocou em causa o bom-nome do clube por ter dito (2006 e 2007) que perguntassem aos dirigentes sobre o paradeiro dos quatro milhões do prémio.

APONTAMENTOS

IZMAILOV RESSENTIU-SE

Izmailov sofreu uma recaída da lesão no joelho direito e, apesar de ter feito ontem treino condicionado na Academia, em Alcochete, ficou fora dos convocados para o jogo de hoje com o E. Amadora.

JUNIORES CONVOCADOS

Paulo Bento chamou 19 jogadores para o embate com o Estrela da Amadora, entre eles os juniores Diogo Rosado (médio) e Wilson (avançado). O técnico leonino não pode contar com João Moutinho e Derlei (castigados) e e Izmailov, Rochemback, Vukcevic e Grimi (todos lesionados).

CARRIÇO PREMIADO

Daniel Carriço recebeu o Prémio Juventude, para o Melhor Jogador Jovem do mês de Março, atribuído pelo Sindicato dos Jogadores. Pereirinha (Sporting), André Marques (V. Setúbal), Miguel Vítor (Benfica) e Celestino (E. Amadora) eram os concorrentes

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)