Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Eduardo mostra-se a Queiroz

Deu empate sem golos o jogo que ontem encerrou a 11ª Jornada da Liga. Apesar do maior domínio do Sp. Braga, o 0-0 manteve-se até ao apito final do árbitro Carlos Xistra, devido à exibição de Eduardo e à fraca pontaria dos avançados arsenalistas diante da baliza do Trofense. A equipa da casa até entrou bem e Pinheiro dispôs, aos 6’, da melhor oportunidade da 1ª parte, ao atirar ao poste direito da baliza de Eduardo, ontem em plano de destaque para Queiroz ver.
9 de Dezembro de 2008 às 00:30
Valdomiro (à esq.) e Meyong
Valdomiro (à esq.) e Meyong FOTO: Hugo Delgado / Lusa

Seguiram-se minutos de sufoco bracarense e só o desacerto do colombiano Rentería impediu que os arsenalistas chegassem ao intervalo em vantagem.

No segundo tempo, a toada manteve-se, mas voltou a ser o Trofense a estar mais perto do golo. De penálti, a castigar alegada mão na bola de Vandinho (expulsão poupada) na área. Valdomiro, displicente, rematou fraco para defesa de Eduardo.

FICHA DE JOGO

LIGA - 11.ª Jornada - 08/12/08

Estádio CD Trofense - Assistência: 5020

TROFENSE: Paulo Lopes, Paulinho , Valdomiro , Miguel Ângelo , Tiago Pinto , Milton do Ó , Delfim (Hugo Leal, 65’) , Mércio , Pinheiro (David Caiado, 61’) , Lipatin  (Edu Souza, 84’), Hélder Barbosa . Treinador: Tulipa.

SP. BRAGA: Eduardo, João Pereira , Moisés , Frechaut , Evaldo , Vandinho , Márcio Mossoró  (Paulo César, 66’) , César Peixoto , Luís Aguiar  (Alan, 46’) , Meyong  (Linz, 78’), Rentería . Treinador: Jorge Jesus.

Árbitro: Carlos Xistra (Castelo Branco)

Disciplina:  Amarelos: Milton do Ó (14’), Moisés (21’), Mércio (56’), Vandinho (66’), Paulo César (71’) e Hélder Barbosa (79’)

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)