Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Empresário nega proposta milionária por Bas Dost

"Presidente: entendo que queira ser reeleito, mas de forma alguma que aceitarei que um cliente meu seja usado", afirma.
Filipe António Ferreira 22 de Fevereiro de 2017 às 17:51
Bas Dost
Bas Dost
Bas Dost
Bas Dost
Bas Dost
Bas Dost
Bas Dost
Bas Dost
Bas Dost

Paulo Teixeira, empresário luso-brasileiro, negou esta quarta-feira que o Sporting tenha recebido uma proposta de 40 milhões de euros dos chineses do Tianjin Quanjian, pelo avançado holandês Bas Dost.

"Presidente, é muito simples: entendo que queira ser reeleito, mas de forma alguma que aceitarei que um cliente meu seja usado como seu cabo eleitoral." Escreveu esta quarta-feira nas redes sociais, o agente que está a acompanhar Haizhe Huang, emissário do clube chinês Tianjin Quanjian. Teixeira reconhece ter conversado com Bruno de Carvalho na terça-feira, contudo recusa ter apresentado qualquer proposta por Bas Dost, até porque a prioridade passa pelo grego Mitroglou, do Benfica.

O agente assume também que há uns dias houve uma conversa pelo jogador mas que o líder leonino exigiu "250 milhões de euros" para quem quisesse o jogado, embora a cláusula esteja situada nos 60 milhões de euros.

"O representante do clube, Haizhe Huang, conhecedor da cláusula de 60 milhões, considerara a operação totalmente inviável. Acrescentei que o orçamento do clube era de 45 milhões menos 10% de comissão – os valores em causa na operação Mitroglou", escreveu o empresário. 

 

 

Paulo Teixeira Sporting Tianjin Bas Dost Haizhe Huang Bruno de Carvalho desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)