Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Encontro contra Estoril pode ser decisivo para Jesus

Último jogo com os canarinhos marcou o início do declínio encarnado em 2012/13
5 de Outubro de 2013 às 15:00
Estoril festeja o empate (1-1), na Luz (2012/13), PERANTE O DESALENTO DE gARAY, lUISÃO, mATIC, aRTUR E cARLOS mARTINS
Estoril festeja o empate (1-1), na Luz (2012/13), PERANTE O DESALENTO DE gARAY, lUISÃO, mATIC, aRTUR E cARLOS mARTINS FOTO: Paulo Calado

Amanhã, o Benfica viaja em alerta amarelo até à Amoreira, palco onde volta a defrontar o Estoril, adversário que na época passada foi à Luz arrancar um empate que os encarnados, certamente, ainda não esqueceram.

Na 28ª jornada da Liga 2012/13, a equipa canarinha roubou dois preciosos pontos às águias, pontos esses que vieram a revelar-se decisivos para o título do... FC Porto. Esse malogrado jogo para a memória encarnada marcou também o início de um final de época desastroso. Seguiram-se três derrotas traumatizantes: no Dragão, que praticamente deu o título ao FC Porto (1-2), em Amesterdão, na final da Liga Europa, com o Chelsea (1-2), e frente ao V. Guimarães (1-2), na final do Jamor.

Agora, após uma semana de pesadelo, fruto de um empate caseiro com o Belenenses (1-1) e de uma pesada derrota com o PSG (0-3), na Champions, o jogo com o Estoril afigura-se como uma dupla barreira psicológica para o Benfica. Por um lado, há a pressão de estar obrigado a vencer, sob pena de ver fugir, irremediavelmente, os rivais (são já cinco os pontos de atraso para o líder FC Porto). Por outro, o fantasma do reencontro com o ‘carrasco' da época passada.

As águias terão de voar para passar tamanho obstáculo.

Benfica Estoril decisivo Jorge Jesus jogo futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)