Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

ERA DIFÍCIL DIZER NÃO

O internacional norueguês Azar Karadas, avançado que representou o Rosenborg na última época, vai ser jogador do Benfica nos próximos quatro anos. Poucas horas após ter acordado a sua mudança para Lisboa, o jogador falou ao Correio da Manhã sobre a sua nova aventura.
29 de Julho de 2004 às 00:00
“O Benfica fez-me uma oferta muito boa, à qual teria sido muito difícil dizer não. Sempre disse que tinha ficado satisfeito com o interesse do Benfica. Trata-se de um grande clube, com um projecto aliciante e só quero começar a jogar. O Benfica está a procurar regressar ao topo da Europa e também na liga portuguesa, onde não ganha o título há alguns anos.”, disse o jogador.
Karadas, que chega hoje a Lisboa, diz que pretende começar a trabalhar de imediato a fim de preparar o primeiro grande objectivo dos ‘encarnados’. “Vou juntar-me à equipa para ambientar-me e conhecer um pouco melhor os jogadores, o técnico Giovanni Trapattoni e o seu esquema de jogo. Temos de começar a preparar desde já a 3.ª pré-eliminatória da ‘Champions’, para assegurarmos uma vaga na próxima fase”, afirmou o avançado nórdico.
Para contar com o jogador neste jogo de acesso à fase de grupos da prova, o Benfica teve de realizar uma verdadeira ‘operação relâmpago’, apresentando uma proposta de 1,5 milhões de euros ao Rosenborg terça-feira à noite. O entendimento com os noruegueses permitiu assim que Karadas não defrontasse os moldavos do Sheriff Tiraspol, jogo da 2.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões, podendo assim ser inscrito nas competições europeias.
'TARGET-MAN ALTO E FORTE'
Com a contratação de Karadas, o Benfica faz assim a vontade ao técnico Giovanni Trapattoni quer havia definido como prioritária a aquisição de um avançado com as características do norueguês.
“Sou um atacante muito forte, alto e que gosta de jogar dentro da área. Sou aquilo a que se pode chamar um ‘target-man’. Não sou um ‘play-maker’. A minha função é marcar golos e tentar abrir espaços para outros colegas”, explicou Karadas.
A finalizar, o avançado, que na época passada defrontou duas vezes o Benfica na Taça UEFA, garantiu que irá encontrar um plantel forte e competitivo. “A equipa pouco mudou, pelo que se mantém muito forte. Tem excelentes jogadores, como Nuno Gomes e Sokota, meus novos companheiros de ataque”, concluiu.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)