Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

ESCASSEZ DE CAMPEÃO

O Paços de Ferreira, a jogar com nove, venceu ontem o novel campeão nacional, FC Porto, por 1-0. Os pupilos de José Mourinho deram um claro sinal de terem já a cabeça na final da Taça UEFA, em Sevilha, e diga-se que, na Mata Real, de campeão o ‘dragão’ teve muito pouco.
12 de Maio de 2003 às 00:00
A primeira parte foi animada e bem disputada, com as duas equipas a apostarem claramente no ataque. O Paços mostrava-se mais rápido na transposição defesa/ataque, enquanto o FC Porto procurava garantir a supremacia no meio-campo. Ainda assim, os primeiros 45 minutos terminaram com uma cena menos bonita: Tiago e Paulo Sousa envolveram-se numa troca de ‘galhardetes’ e acabaram por regresssar mais cedo ao balneário.
Na segunda parte, a partida baixou de nível e mesmo perante um Paços a jogar com nove, após expulsão de João Armando, o FC Porto não conseguiu ser mais do que mediano. Quando já ninguém esperava, Cadú marcou o tento que veio castigar a fraca exibição do FC Porto. Refira-se que há 421 dias que o ‘dragão’ não somava um jogo sem marcar no campeonato nacional.
‘olheiros’ atentos
Os jogadores do FC Porto não passam despercebidos aos ‘grandes’ europeus. Ontem, na Mata Real, estiveram emissários do Man. United, Bayern, Hamburgo e PSV, atentos a vários jogadores portistas, apesar de algumas das principais figuras da equipa terem iniciado o encontro no banco de suplentes, aliás, como já era esperado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)