Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

“Estão todos de pé atrás por causa da droga”

"Tenho condições de jogar, no mínimo, por mais três anos. Falta-me só a oportunidade. Espero ser procurado por algum grande clube." Aos 35 anos, Mário Jardel continua disposto a manter-se na alta roda do futebol, apesar de estar desempregado.
5 de Agosto de 2009 às 00:30
Jardel diz os clubes têm receio de o contratar
Jardel diz os clubes têm receio de o contratar FOTO: direitos reservados

O ex-avançado do FC Porto e do Sporting treina-se por conta própria num ginásio de Fortaleza após terem ficado sem efeito tentativas de acordo com o Peñarol (Uruguai) e Rio Grande do Acre (Brasil). A Liga mexicana é agora uma hipótese, diz o jogador em entrevista ao site da Globo.

"Sinto que as pessoas [os dirigentes] se informam da situação da droga e ficam com um pé atrás. Os clubes têm receito de me contratar. Só que todo ser humano erra e precisa de uma nova chance. Paguem para ver. Quem sabe fazer golos nunca esquece", diz Jardel.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)