“Estou arrependido e envergonhado", diz super dragão que agrediu árbitro

Marco Gonçalves, conhecido como "Orelhas", era jogador do Canelas 2010 e agrediu árbitro com joelhada.
Por Paulo Jorge Duarte|13.10.18
"Estou arrependido e envergonhado de ter agredido o árbitro [do jogo Rio Tinto - Canelas 2010, em abril de 2017]. Nada justifica. Bloqueei naquele momento", disse ontem Marco Gonçalves, conhecido como ‘Orelhas’, ao tribunal de Gondomar. O ex-jogador do Canelas 2010 (tem 36 anos e está suspenso por 4) está a ser julgado pelos crimes de ofensa à integridade física qualificada e ameaça agravada.

Marco ‘Orelhas’ atingiu o árbitro da partida, a contar para a divisão de elite pro-nacional da Associação de Futebol do Porto, com uma joelhada no rosto. "Nunca agredi ninguém na minha vida não consigo explicar o que aconteceu. Só me apercebi do mal que fiz quando vi as imagens na televisão. Quando os agentes da PSP me tiraram do campo já estava arrependido e só não fui pedir perdão, de imediato, porque não pude", acrescentou.

É elemento de destaque da claque do FC Porto Super Dragões. "Estou aqui para responder pelo que fiz de mal ao árbitro. Agredi mas não é verdade que o tenha ameaçado de morte ou de fazer alguma coisa à família dele", afirmou.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!