Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Estrela merecia mais

O Sp. Braga conquistou ontem um ponto (0-0) na sua deslocação ao terreno do E. Amadora, num jogo onde os ‘tricolores’ mostraram mais futebol e mereciam mesmo um outro resultado. Após os 25’, exceptuando um lance na 2.ª parte, os minhotos praticaram um futebol cinzento e viram o FC Porto distanciar-se na liderança da Liga.
26 de Setembro de 2005 às 00:00
Bracarense Abel tenta impedir o veloz Manú de chegar à bola
Bracarense Abel tenta impedir o veloz Manú de chegar à bola FOTO: Nacho Doce/Reuters
O Estrela entrou na partida sem uma referência fixa no seu ataque – Toni deixou Semedo e Manu sozinhos na frente, colocando Rafael Gaúcho como reforço no ‘miolo’ – e acabou por sofrer um forte ‘pressing’ por parte dos bracarenses. O técnico tricolor emendou o erro e fez entrar Anselmo obrigando assim os centrais Nem e Nunes a maior cautela nas subidas.
O jogo do Estrela ganhava não só maior profundidade como passava também a contar com um pivot/distribuidor para as ‘setas’ Semedo e Manu. Este último, aliás, protagonizou mesmo a melhor oportunidade nesta primeira parte, mas após se ter isolado pela esquerda, rematou ligeiramente ao lado (27’). Dois minutos depois foi a vez de Maurício a obrigar o guarda-redes bracarense a aplicar-se, na sequência de um cabeceamento, após um canto, que Paulo Santos desviou em desespero.
Logo no início da 2.ª parte, o Braga teve a sua melhor ocasião: Maurício e Santamaria falham o corte e Bevakcwa aproveita para lançar Luís Filipe. Já na área, o extremo remata de trivela e Bruno Vale defende para a frente; a bola sobra para Rossato que dispara para nova parada do guardião tricolor. Mesmo assim, o Estrela voltou a estar melhor e dispos mesmo de duas soberanas ocasiões para chegar ao golo da vitória, desperdiçadas por Anselmo (69’) e Tony (80’).
Uma palavra ainda para a afluência ao jogo. Ontem estiveram 1500 pessoas na Reboleira e poderiam ter sido certamente bem mais se o preço para os ingressos de determinadas zonas não estivessem fixados nos 25 e 30 euros...
FICHA DO JOGO:
Local: Estádio José Gomes, na Reboleira (1.500 espectadores)
Árbitro: Artur Soares Dias (Porto)
ESTRELA DA AMADORA: Bruno Vale, Tony, Santamaria, Maurício, Valdir, Emerson, Rafael Gaúcho (Anselmo, 25m), Coutinho, Rui Borges (Rui Duarte, 70m), Manu e Semedo (Paulo Machado, 78m). Treinador: Toni.
SPORTING DE BRAGA: Paulo Santos, Abel, Nem, Nunes, Jorge Luiz, Madrid, Sidney (Davide, 67m), Hugo Leal, Filipe (Luís Filipe, 45m), Jaime (Rossato, 45m) e Maxi Bevacqua. Treinador: Jesualdo Ferreira.
Acção disciplinar: Amarelos - Sidney (41m), Filipe (43m, Santamaria (45m), Jorge Luiz (79m) e Emerson (84m)
Melhor jogador: Maurício
Ver comentários