Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

“Eu no United? Daqui a 20 anos”

"Eu no lugar de Alex no United? Talvez daqui a vinte anos! Ele é forte, está a vencer, ama o jogo, deve ter ainda mais 20 anos de futebol, espero." José Mourinho respondeu assim de forma diplomática às notícias avançadas nos últimos dias de que ‘Il Speciale’ seria o próximo técnico dos red devils, quando o escocês abandonar o futebol.
11 de Março de 2009 às 00:30
Mourinho recordou a vitória em Manchester, em 2004
Mourinho recordou a vitória em Manchester, em 2004 FOTO: Nick Wilkinson/EPA

Sobre o jogo da 2ª mão dos oitavos-de-final da Champions, hoje (19h45 Sport TV2), em Manchester, o português – que no dia 23 de Março vai ser distinguido com o doutoramento ‘honoris causa’ pela Faculdade de Motricidade Humana – recusou atribuir favoritismo à equipa de Ronaldo, depois do 0-0 em Milão: "Não penso que o Man. United seja favorito. Se ganharmos passamos e se empatarmos com golos também. Quem melhor souber lidar com a pressão, ganha."

Centenas de jornalistas – 900 profissionais estão credenciados para o jogo de hoje – estiveram na conferência de imprensa em que Mourinho recordou o jogo entre o FC Porto e o Man. United de 2004, que abriu caminho à conquista do título pelos azuis-e-brancos (1-1, na 2ª mão). "Conheço este estádio muito bem, já cá estive muitas vezes. Foi aqui que tudo começou. Aquele golo do Costinha abriu-me as portas da Inglaterra", concluiu o português, que em 13 jogos contra o United só por duas vezes saiu derrotado, algo que o técnico Alex Ferguson desvaloriza: "Não me preocupa. No final irei beber um pouco de vinho com Mourinho."

Uma das armas contra os nerazzurri é Ronaldo, que ontem voltou a queixar-se das entradas dos adversários. "Sou um alvo e às vezes é difícil evitar certas reacções. Tenho de aprender a controlar a minha fúria", salientou o português.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)