Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Euforia é o nosso maior perigo

Trapattoni pediu ontem cuidado aos seus jogadores para os próximos jogos, salientando que a vantagem de seis pontos ainda não quer dizer nada quanto ao título. Apelando à responsabilidade, o técnico só pensa em somar mais uma vitória na recepção de hoje ao Marítimo.
3 de Abril de 2005 às 00:00
'Trap' pede concentração à equipa e defende Ricardo Rocha
'Trap' pede concentração à equipa e defende Ricardo Rocha FOTO: Fernando Ferreira/Record
“A euforia é o nosso maior perigo. Faltam oito jogos e é importante não pensar que esta vantagem basta. Vamos jogar a olhar sempre em frente, com o objectivo de ganhar. A equipa sabe isto, pois a responsabilidade é grande. Já transmiti aos jogadores esta mentalidade e é preciso ter segurança e confiança. Sinto que os jogadores estão concentrados e com enorme vontade de ganhar a SuperLiga, mas teremos de continuar atentos”, afirmou.
Respeitando o Marítimo, que estreia Juca como treinador principal, ‘Trap’ destaca “Alan, Manduca e até mesmo Pena que é um jogador muito difícil e veloz”.
Trapattoni saiu ainda em defesa de Ricardo Rocha, que terá afirmado ao jornal ‘El Mundo’ estar insatisfeito com o seu contrato. “Também falo com os jogadores sobre o que leio nos jornais e eles falam com muita serenidade. O nosso interesse é ganhar a SuperLiga e o Ricardo Rocha trabalha com entusiasmo e grande confiança. Tem comigo uma boa relação”.
'TRAP' ADMITE CONTINUAR
Desde que o Benfica chegou ao primeiro lugar que uma nova questão se começou a colocar na Luz. Apesar de praticamente desde de Dezembro correrem rumores de que Trapattoni estará de saída da Luz, os últimos resultados da equipa e a hipótese de vencer a SuperLiga podem mudar o cenário. Do lado do técnico, parece haver interesse em continuar.
“Tenho sempre entusiasmo de continuar e penso treinar até aos 80 anos, os regulamentos é que podem não permitir”, afirmou Trapattoni entre risos, prosseguindo depois mais a sério: “No início foi muito difícil. Mas, quando se está a construir uma casa muito boa gostamos de viver na casa. Esta casa é a equipa.Talvez possa jogar um pouco mais, mas já disse aos jogadores que estou contente porque agora tenho uma equipa como gosto. Tem equilíbrio e personalidade”, referiu ‘Trap’, que convocou: Moreira, Quim, Luisão, A. Luís, Fyssas, Dos Santos, J. Pereira, Miguel, Ricardo Rocha, Petit, B. Aguiar, N. Assis, M. Fernandes, Geovanni, Simão, Mantorras, Karadas e N. Gomes.
BENFICA-MARÍTIMO, hoje, 20h30, directo, SportTV
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)