Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Ex-presidente do Real Madrid diz que Zidane saiu porque não queria perder Ronaldo

Revelações surpreendentes de Ramón Calderón revelam preferência de Florentino Pérez por outro jogador.
13 de Janeiro de 2019 às 18:11
Zidane e Ronaldo celebram a Champions da época 2017-18
Zidane com Ronaldo nos tempos do Real Madrid
Zidane e Ronaldo celebram a Champions da época 2017-18
Zidane com Ronaldo nos tempos do Real Madrid
Zidane e Ronaldo celebram a Champions da época 2017-18
Zidane com Ronaldo nos tempos do Real Madrid
Ramón Calderón, antigo presidente do Real Madrid (entre 2006 e 2009), revelou ao site Bleacher Report as principais razões porque o treinador francês Zinedine Zidane decidiu deixar os merengues após a final da Liga dos Campeões, que fanhou em Kiev contra o Liverpool.

No planeamento da atual temporada, Zidane e o atual presidente do Real Madrid, Florentino Perez, não se entenderam.

"Zidane insistiu em manter Cristiano Ronaldo e em vender Bale", mas "Florentino fez o contrário", considerou Calderón. "Zidane decidiu sair, mas ele é que estava certo", opinou o antigo dirigente.

Recorde-se que com a saída do treinador francês do Real Madrid, Cristiano Ronaldo partiu para Turim (Juventus), deixando Gareth Bale como principal protagonista do ataque dos blancos, mas o futebolista galês ainda só marcou quatro golos em 15 jogos de La Liga e três tentos em cinco partidas da Liga dos Campeões.

O galês voltou a lesionar-se, entretanto, e já são mais de duas dezenas as paragens forçadas do avançado por problemas físicos desde que chegou a Madrid.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)