Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

F1: Exames médicos ditam futuro de Schumacher

O regresso à competição do piloto alemão Michael Schumacher, ao serviço da Ferrari, previsto para o Grande Prémio em Valência, está dependente do resultado de exames médicos ao seu pescoço.
5 de Agosto de 2009 às 17:14
Regresso pode estar comprometido
Regresso pode estar comprometido FOTO: d.r.

De acordo com a sua porta-voz, Sabine Kehm, o piloto alemão continua com dores na nuca e, por isso, o seu regresso depende totalmente "do seu estado de saúde".

Recorde-se que Schumacher estava afastado da competição desde 2006 e o seu regresso às pistas foi resultado de um convite da Ferrari para substituir o lesionado Felipe Massa, vítima de um acidente nos treinos para o Grande Prémio da Hungria, até que este recupere.

O aguardado regresso está, porém, condicionado pelos resultados dos exames médicos que o piloto irá realizar, uma vez que Schumacher "ainda não está completamente certo da gravidade da lesão".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)