Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Fabiano não vai desistir

Luís Fabiano sente-se bem no FC Porto e não equaciona a possibilidade de regressar ao Brasil. Foi o próprio avançado que negou o interesse de voltar ao São Paulo, como havia sido noticiado na passada quinta-feira, revelando-se apostado em vingar de ‘azul-e-branco’.
19 de Março de 2005 às 00:00
“É tudo mentira, nunca, até ao momento, recebi qualquer proposta do Brasil. Certa pessoa ligou-me do São Paulo mas para me dar apoio. Estou muito bem no FC Porto, embora viva uma situação diferente na minha carreira, no banco de suplentes. Mas pretendo dar a volta por cima, principalmente porque o técnico dá-me oportunidades. Não tenho jogado bem, mas não vou desistir. Vou lutar até o fim”, revelou o futebolista à Imprensa brasileira.
E se Luís Fabiano não tem vingado e se fala da sua possível saída, ontem também se ficou a saber que a contratação de Lucho González está praticamente fechada. Segundo o jornal ‘Clarin’, da Argentina, os ‘dragões’ chegaram a acordo na semana passada com o River Plate e vão pagar seis milhões de euros pelo extremo, que chegará em Junho.
P. EMANUEL NO RELVADO
Entretanto, José Couceiro já pôde contar ontem com o central Pedro Emanuel, que fez corrida no relvado. O defesa ainda recupera da lesão sofrida em Milão, mas avançou mais uma etapa no processo de reabilitação, depois de quinta-feira ter efectuado apenas tratamento.
Além do central, o boletim clínico do FC Porto integra ainda o nome do médio Bosingwa. Contudo, o internacional sub-21 integrou o treino, embora tenha trabalhado de forma condicionada.
FC PORTO SÓ GANHA COM ALEXANDRINO
“Não sei se vou estar em Alvalade, mas uma coisa garanto: se eu for, o FC Porto ganha”, disse ontem ao CM o ‘professor’ Alexandrino, momentos antes do espectáculo de hipnose com que brindou os estudantes do Instituto Superior de Engenharia do Porto.
Alexandrino assume que tem uma ligação muito estreita com a claque SuperDragões, sobretudo com Paulo Trilho, um dos responsáveis, que o tem convidado a assistir a alguns jogos. “Dão-me o bilhete mas não me pagam. Ora, no mínimo, eu preciso de alojamento e das refeições”, revela Alexandrino.
Quanto ao resultado, o ‘professor’ não tem uma opinião firme nem hirta: “Eu não sou bruxo, não me perguntem os resultados. Eu sou um técnico, um científico. Tenho, aliás, um curso de semiótica, tirado no Brasil. O que sei é que quando assisto ao jogo o FC Porto ganha. Ainda recentemente, contra o Inter, mal eu cheguei ao Dragão, o FC Porto marcou o golo do empate”, esclarece o parapsicólogo.
Alexandrino tem uma frustração: é que Pinto da Costa e a SAD portista não querem negociar a sua contratação para o clube. “Não percebem nada disto. Uma vez jantei com eles num restaurante do Porto e apercebi-me de que são uns ursos”.
SOLTAS DO 'DRAGÃO'
CNAD DE VISITA
Um elemento do Conselho Nacional Antidopagem (CNAD) foi ontem ao treino dos ‘dragões’ para realizar um controlo de surpresa aos jogadores. Os sorteados foram o guarda-redes Nuno e o central Ricardo Costa, naquela que foi a terceira visita da temporada nestas circunstâncias.
CARLOS ALBERTO
O ex-’dragão’ Carlos Alberto prometeu ontem que se vai comportar bem na partida do Corinthians frente ao Palmeiras, ele que já viu cinco amarelos e um vermelho esta época. “Foi difícil ficar de fora e ver os meus colegas a lutar. Por isso, frente ao Palmeiras prometo uma maior tranquilidade e evitar as indesejadas admoestações”, referiu.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)