Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Factura dos estragos já chega a 333 mil euros

O Benfica já enviou para a Liga de Clubes a primeira factura, no valor de 333 861,60 euros, dos estragos provocados no Estádio da Luz pelos adeptos do Sporting, após o dérbi (1-0) realizado no dia 26 de Novembro de 2011.
24 de Janeiro de 2012 às 01:00
Os dois mil lugares destruídos por adeptos leoninos começaram ontem a ser reparados.
Os dois mil lugares destruídos por adeptos leoninos começaram ontem a ser reparados. FOTO: DR

Segundo apurou o CM, a verba em questão não contempla ainda o pagamento das várias vistorias que foram efectuadas ao recinto, pela Liga e por vários especialistas do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), bem como das mais de 800 cadeiras que foram destruídas pelos simpatizantes leoninos e ainda outros custos administrativos. Além disso, segundo fonte oficial das águias, no decorrer dos trabalhos de restauro das bancadas, bem como de parte da cobertura do Topo Norte, poderão ser detectados mais danos, pelo que a factura poderá ser ainda mais elevada. A maior fatia da despesa passa pela reconstrução das oito vigas de betão afectadas.

A Liga terá agora de enviar para Alvalade a documentação que lhe foi entregue pelo Benfica. Segundo os regulamentos em vigor, cabe aos leões pagar os estragos que foram feitos pelos seus adeptos durante o dérbi.

As obras no Estádio da Luz (que tem menos dois mil lugares desde os incidentes com o Sporting) começaram ontem, e, como o CM noticiou em primeira mão no dia 18 de Janeiro, as águias querem que estejam finalizadas antes dos jogos com o FC Porto, para a Liga (está marcado para dia 4 de Março mas deve ser antecipado), ou com o Zenit (6 de Março, para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões), pois, em perspectiva, está a esgotar a lotação do recinto com 65 mil espectadores.

Benfica Luz dérbi estragos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)