Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Falcão sonha com Inglaterra

O grande sonho dele era jogar na Europa, mas também tem vontade de actuar na Liga inglesa, no Manchester United ou no Chelsea." É Radamel King García, pai de Falcão, avançado do FC Porto, quem revela ao CM o desejo de futuro do colombiano. Apenas o futuro, porque agora o número 9 está concentrado em Portugal.
27 de Fevereiro de 2010 às 00:30
Falcão tem como objectivo ganhar o título pelo FC Porto e ser o melhor marcador da Liga portuguesa
Falcão tem como objectivo ganhar o título pelo FC Porto e ser o melhor marcador da Liga portuguesa FOTO: Manuel Araujo/Record

'O objectivo dele chama-se FC Porto. Não está fixado em sair, mas sim em ser campeão e, se possível, sagrar-se o melhor marcador', diz a mãe Juana Zárate.

O CM falou com os pais do avançado de 24 anos e percebe-se que ‘El Tigre’ é o orgulho da família. O momento que atravessa no FC Porto deixa encantados os progenitores. 'Adaptou-se muito bem e é uma felicidade saber que os adeptos já cantam o nome dele ', diz orgulhosa Juana.

A chave do sucesso explica-se pela influência do pai. 'Eu joguei a defesa-central e a médio, assim na posição do Fernando. Ensinei-lhe os segredos da área, como ganhar a bola aos defesas, como passar, como aproveitar espaços', esclarece Radamel, que deu o nome ao filho por idolatrar o antigo médio brasileiro Falcão. Está o colombiano à altura do nome? 'Sim, graças a Deus tem jogado muito bem. Em pequeno, dava para perceber que seria avançado: pegava na bola e só queria rematar. Até na barriga da mãe já se notava que ia ser jogador', revela o pai.

Em Bogotá, na Colômbia, há quem faça o trabalho de casa de Falcão. 'Vemos os jogos da Liga e estamos informados. Investigámos os clubes e a cidade, para que nada lhe falte', finaliza Juana Zárate.

BENFICA 'POUPA' HULK

O FC Porto entregou ontem, na Liga, os recursos das suspensões de Hulk (quatro meses) e Sapunaru (seis meses), na sequência de agressões a stewards, no final da visita ao Benfica (1-0), no dia 20 de Dezembro de 2009.O clube da Luz, punido com multa, entendeu não recorrer e entre as razões explicadas, destaca-se o facto dos encarnados não quererem uma maior penalização dos visados.

'A eventual procedência do nosso recurso poderia significar o agravamento das sanções já aplicadas aos atletas do FC Porto', explica o Benfica, em comunicado, entendendo também que o arrastar do processo 'serve apenas os interesses dos verdadeiros responsáveis pelos incidentes' e que a 'dimensão da responsabilidade dos atletas do FC Porto e de outros agentes envolvidos será apurada no âmbito dos processos-crime'.

A Liga irá agora remeter as contestações do FC Porto para o Conselho de Justiça da Federação.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)