Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Farías está no centro de conflito diplomático

Ernesto Farías está no centro de um conflito diplomático entre a Argentina e o México. O dianteiro que no início da época privilegiou o FC Porto em detrimento do Toluca, está por trás do diferendo que opõe a Federação Mexicana de Futebol ao River Plate.
28 de Dezembro de 2007 às 00:00
O antigo clube de Farías pretende reforçar-se com o uruguaio Sebastián Abreu. Só que depois de Farías ter abortado a transferência para o Toluca – com quem tinha tudo acordado –, a Federação ditou o veto de todos os possíveis negócios entre clubes mexicanos e o River Plate.
Para solucionar este conflito, o embaixador argentino no México, Jorge Yoma, solicitou à Federação mexicana que levante a sanção: “Apresentei uma nota em nome da embaixada junto da Federação Mexicana para que reveja este boicote que está a fazer ao River por ter falhado a transferência de Farías”, explicou o diplomata à rádio La Red, solicitando também que o presidente do River Plate, José Maria Aguilar, apresente desculpas públicas ao seu homólogo do Toluca, Rafael Lebrija.
Farías chegou no início desta época ao FC Porto, depois dos dragões terem pago quatro milhões de euros pelo seu passe.
Até agora, o dianteiro de 27 anos apenas foi utilizado em três jogos do campeonato, totalizando 138 minutos e sem ter apontado qualquer golo.
Para além da sua utilização na Liga portuguesa, Farías também jogou os primeiros 66 minutos na derrota do FC Porto diante do Fátima, para a Taça da Liga, e na Liga Intercalar.
Entretanto, os dragões retomam hoje os treinos depois das férias e depois da derrota (1-0) no recinto do Nacional.
'FLA' DISPOSTO A COMPRAR PASSE DE IBSON
Ibson está emprestado ao Flamengo até 30 de Junho de 2008, mas o clube do Rio de Janeiro está na disposição de fazer um apreciável esforço financeiro para comprar o passe do médio.
O Flamengo acredita que com quatro milhões de euros garantirá a contratação definitiva do brasileiro e joga também com a pretensão do futebolista. “Quero ficar. Sei que o meu contrato acaba em Junho, mas estou muito feliz aqui. Quem sabe se não prolongo o vínculo. Vamos ver como fica esta situação”, deixou escapar Ibson, acreditando poder permanecer no Flamengo depois dos excelentes desempenhos que valeram o elogio da crítica e do seleccionador Carlos Dunga.
O seleccionador brasileiro não põe de lado uma eventual chamada de Ibson ao escrete, desde que, frisou, o jogador mantenha um nível exibicional constante.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)