Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Fase de grupos fecha com recorde de 136 golos

Desde 1998, quando a fase de grupos passou a ser composta por 48 encontros, o máximo eram os 130 golos registados na edição de 2002, na Coreia do Sul e no Japão.
26 de Junho de 2014 às 23:38

A fase de grupos do Mundial2014 fechou esta quinta-feira com um recorde de 136 golos, à média de 2,83 por encontro, a melhor desde a longínqua edição de 1970, disputada também no continente americano, mais precisamente no México.

O derradeiro golo na fase de grupos do Mundial 2014 foi apontado pelo belga Jan Vertonghen, defesa do Tottenham, que, aos 78 minutos, selou o triunfo dos "diabos vermelhos" sobre a Coreia do Sul. Em termos coletivos, a Holanda foi a equipa que mais contribuiu, ao terminar a primeira fase com 10 golos, seis dos quais divididos entre Arjen Robben e Robin van Persie, seguida pela Colômbia (nove) e a França (oito).

No que respeita aos registos de há quatro anos, da prova realizada na África do Sul, marcaram-se mais 35 golos: apenas tinham sido apontados 101, um mínimo a 48 jogos, "superando" os 117 de 2006 e os 126 de 1998.

Caso a média de golos por encontro se mantenha, o Mundial de 2014 acabará com o melhor registo em quase 50 anos, mais precisamente desde 1970, edição em que se apontaram 95 golos, em 32 jogos, à média de 2,97 por encontro. Em termos de registos finais, o máximo de 171, fixado em 1998, também parece ao alcance da presente edição: faltam apenas 36 para superar essa marca, com 16 jogos por disputar.

Mundial 2014 Brasil fase grupos fecha recorde 136 golos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)