Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

FC Porto não desiste e quer baixar preço de Zé Luís

Primeira proposta de 5 milhões; Spartak de Moscovo exige 10 milhões. Há acordo com jogador de 28 anos.
Sérgio Pereira Cardoso 13 de Junho de 2019 às 09:17
Zé Luís está disposto a baixar o salário para jogar no Dragão
Zé Luís
Sérgio Conceição
Zé Luís está disposto a baixar o salário para jogar no Dragão
Zé Luís
Sérgio Conceição
Zé Luís está disposto a baixar o salário para jogar no Dragão
Zé Luís
Sérgio Conceição
O FC Porto quer mesmo dar Zé Luís a Sérgio Conceição e já chegou a um acordo com o avançado de 28 anos. Porém, o Spartak pede cerca de 10 milhões de euros, com os dragões a atirarem uma primeira proposta a rondar a metade - 5 milhões de euros.

Nesta negociação, o objetivo dos portistas passa por enviar a mensagem de que não chegará às intenções dos russos, apesar de ter perfeita noção de que deverá subir a parada para levar o cabo-verdiano, que fez 14 golos em 36 partidas disputadas na temporada 2018/19.

A ajudar, a vontade total de Zé Luís em representar os azuis-e-brancos - o acordo entre FC Porto e o atleta já existe, com um salário de 1,5 milhões de euros limpos, abaixo dos 1,8 milhões de euros que aufere na Rússia.

As movimentações estão a ser intermediadas pelos agentes Pedro Pinho e José Fouto, já desde a semana passada, altura em que, ao que o CM apurou, o também empresário Paulo Teixeira terá surgido com o interesse de ajudar no negócio, causando um imbróglio de empresários.

O certo é que Sérgio Conceição, que trabalhou com Zé Luís no Sp. Braga, na temporada de 2014/15, tem mesmo o avançado cabo-verdiano no planeamento da nova época e a vontade da SAD é aceder ao desejo do treinador.

Soares com mercado
Soares voltou a ser apontado à China, mas Conceição só admite a saída com substitutos à altura. Pedro (Fluminense), Gustavo (Corinthians) e Róger Guedes (Shandong Luneng) são hipóteses.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)