Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Federação acusa Jose

A Federação Inglesa (FA) está irritada com as declarações de José Mourinho sobre os alegados favorecimentos ao Arsenal em termos de calendário, onde o treinador levantou também algumas suspeitas por o ‘vice’ dos ‘gunners’, David Dein, pertencer também à Federação.
14 de Julho de 2005 às 00:00
Mourinho está envolvido em Inglaterra em mais uma polémica
Mourinho está envolvido em Inglaterra em mais uma polémica FOTO: Mike Finn-Kelcey/Reuters
Os comentários do técnico português causaram algum mal-estar na FA, que está agora a analisar o conteúdo dos mesmos, podendo daí resultar alguma punição para o treinador português.
“Estamos extremamente desapontados com as declarações de José Mourinho. Alguns dos pontos de vista expressados por ele são desnecessários e maus para a imagem do futebol”, afirmou a FA, em comunicado no seu ‘site’ oficial.
Por outro lado, a Federação esclareceu que o vice-presidente do Arsenal, David Dein, é “apenas um dos quatro elementos da direcção eleito pelos 20 clubes da ‘Premier League’” e que “não tem poder de decisão para castigar o clube, nem de julgar ou punir administrativamente através da Comissão de Disciplina”.
A terminar, no comunicado, a FA salienta que está a “analisar as declarações de Mourinho”, deixando a possibilidade de ocorrer uma reprimenda ao técnico português.
Este parece ser mais um capítulo da relação entre Mourinho e a federação inglesa. Recorde-se que o técnico já foi castigado com uma multa de cerca de 300 mil euros por causa do ‘caso Ashley Cole’.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)