Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

FENÓMENO APRESENTADO AOS SÓCIOS

O avançado brasileiro Ronaldo foi ontem finalmente apresentado aos adeptos “merengues”, depois de uma longa novela, que durou cerca de um mês.
2 de Setembro de 2002 às 20:57
O jogador madrugou para realizar os testes médicos antes da apresentação como mais recente reforço do Real, ao meio-dia. O craque do “escrete” abandonou o hotel onde está instalado pouco passava das oito horas seguindo para a clínica, onde, sob a supervisão de Alfonso del Corral, chefe do departamento médico do Real Madrid, cumpriu os exaustivos exames médicos, que não detectaram nenhum problema no seu joelho.

“Ronaldo não tem nenhum problema e por isso não existe nenhum obstáculo que o impeça de jogar pelo Real Madrid”, afirmou Corral, após saber dos resultados dos exames. No entanto, o chefe do departamento médico considera que é fundamental “cuidar do joelho”, pois os problemas podem vir mais pelo desgaste do atleta, do que pelo próprio estado em que o joelho se encontra.

Depois da boa notícia, Ronaldo dirigiu-se para o Santiago Bernabéu, onde foi apresentado aos cerca de 400 profissionais da comunicação social que o esperavam na sala de Imprensa, onde assinou o contrato que o vai ligar aos espanhóis por cinco temporadas.

Ao lado do presidente Florentino Pérez e de Alfredo Di Stéfano, antiga glória do clube, o melhor marcador do Mundial 2002 prestou as primeiras declarações, com a camisola nº11 vestida.

“Tinha muita vontade em estar aqui. Espero corresponder, pois a responsabilidade é muito grande. Sei que todos estão à espera que marque muitos golos. Por isso vou trabalhar muito, para dar essa alegria ao sócios que tanto merecem. Gostaria ainda de agradecer o grande esforço que o presidente fez para me contratar”, declarou o goleador.

O próprio presidente do clube “merengue” não poupou elogios à chegada da nova coqueluche. “É um dia importante para o madrilismo, porque apresentamos nada mais nada menos que Ronaldo, como nosso jogador. Agora já faz parte da história do Real Madrid e estou seguro de que escreverá páginas de glória para voltarmos a ser o melhor clube do Mundo, durante muitos anos. Quero realçar o esforço de Ronaldo para representar o Real, pois não é normal que um jogador faça aquilo que ele fez para aqui estar”, ressalvou o dirigente máximo do clube de Luís Figo.

Ronaldo junta-se assim a Raul, Zidane, Roberto Carlos e Luís Figo, num plantel calculado em mais de 500 milhões de euros. Com tantas estrelas no plantel espera-se muito deste Real nos próximos anos.

Primeira visita foi para Figo

Ronaldo, que chegou a Madrid na tarde de domingo, passou a sua primeira noite na capital espanhola em casa do português Luís Figo.
Os dois jogadores, novamente colegas de equipa depois do ano que passaram juntos em Barcelona, aproveitaram para colocar a conversa em dia e assistiram à transmissão televisiva do empate entre o 'Barça' e o Atlético de Madrid.

O jogador português, numa conversa reproduzida no sítio oficial de Ronaldo, elogiou a contratação do brasileiro e mostrou-se esperançado na conquista de muitos títulos. “A tua contratação deixou-nos felizes a todos. O Real Madrid vai ser uma equipa ainda mais forte com a tua chegada e vamos conquistar mais títulos e comemorar grandes vitórias juntos”, referiu o médio.

Ronaldo agradeceu a cortesia de Figo e espera corresponder às expectativas: “Recebeste-me em casa, junto à tua família. A minha estada em Madrid não podia começar melhor. Espero corresponder e dar muitas alegrias à ‘afición’ madrilista. Obrigada Figo”.
Ver comentários