Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Fico até 30 de Junho e o futuro a Deus pertence

Apesar dos muitos elogios por parte da actual direcção e dos candidatos à presidência do Sporting, a verdade é que Paulo Bento ainda não foi convidado a renovar o seu contrato, que termina no final da presente temporada. Quem o revelou foi o próprio técnico, mais preocupado, contudo, com o final de época dos ‘leões’.
15 de Abril de 2006 às 00:00
Paulo Bento ainda acredita que o Sporting pode vir a ser campeão nacional
Paulo Bento ainda acredita que o Sporting pode vir a ser campeão nacional FOTO: Pedro Catarino
“Ninguém falou comigo. Não posso dizer nada porque tem de haver algo formalizado e a verdade é que comigo directamente não existe. A única coisa que me interessa é a minha equipa. Temos muito para conquistar nestes quatro jogos e estamos apenas focados nisso. Nunca irei pôr objectivos pessoais antes do colectivo. Há um processo eleitoral e não adianta ir contra ele. O prazo para accionar a opção do Abel alongou-se. Com a equipa técnica e os jogadores a seu tempo se irá resolver. Até 30 Junho desejo continuar e tenho certeza que vou continuar. O futuro a Deus pertence”, disse.
Sobre o resto do campeonato, e após a derrota com o FC Porto, Paulo Bento não deita a toalha ao chão. Segundo o técnico ainda tudo é possível. “Ainda acreditamos. Estivemos em situações difíceis e acreditámos. Não escondemos que a situação é difícil, mas continuamos a acreditar porque é possível, apesar das dificuldades”, afirmou, revelando depois que o 2.º lugar também é um objectivo. “A única forma de garantir o segundo objectivo [Liga dos Campeões] é lutar pelo primeiro. Faltam-nos 12 pontos para qualquer um desses objectivos”.
O confronto com os ‘dragões’ na jornada passada (0-1 em Alvalade) também foi abordado. Confrontado sobre a opção de tirar Abel para colocar um avançado (Koke), Paulo Bento disse que voltaria a fazer as mesmas opções. “Não posso jogar outra vez. Um treinador tem de estar preparado para decidir, ser criticado e ter direito a discordar. As decisões foram tomadas e programadas. Não me arrependo. Depois de analisar o jogo continuo a pensar que fizemos as coisas como devíamos ter feito. Se ficasse 0-0 estariam agora a perguntar por que é que não arriscámos. É como os melões: só depois de abertos é que se vê se são bons”, afirmou, destacando depois que caso o FC Porto se sagre campeão será com toda a justiça. “O campeão normalmente é justo porque é o mais regular. É a equipa que ganha mais e perde menos, marca mais golos e justifica estar à frente do campeonato. Não podemos ir contra factos que são claros”.
ESTRELA DA AMADORA-SPORTING, Hoje, 19H15, directo, TVI
APONTAMENTOS
ESTRELA DA AMADORA
Paulo Bento quer regressar às vitórias frente ao E. Amadora para continuar a perseguir o FC Porto. “Vai ser difícil, mas quero ganhar para continuar na luta pelo título”.
TELLO AUSENTE
O internacional chileno Rodrigo Tello lesionou-se no treino de quinta-feira e acabou por ficar fora dos convocados para a partida da Reboleira.
CONVOCADOS
Eis os convocados de Paulo Bento: Ricardo, Nélson, Polga, Hugo, Caneira, Tonel, Abel, Garcia, Martins, Nani, Custódio, Moutinho, João Alves, Romagnoli, Koke, Douala, Liedson e Deivid.
BARBOSA PARA NÃO DESPERDIÇAR
O treinador do Sporting, Paulo Bento, confrontado com a possibilidade de Pedro Barbosa e Miguel Ribeiro Teles regressarem ao Sporting na lista de Filipe Soares Franco, optou pela prudência.
“Não merece comentários. Só o jogo com o Estrela da Amadora é que é fundamental neste momento. Já falámos várias vezes sobre o processo eleitoral. Todos merecem respeito e só quando houver alguma conclusão deste processo eleitoral é que poderei comentar. Tudo o que sejam possibilidades não me parece importante fazê-lo. A parte desportiva é a mais importante”, referiu o treinador, que ainda assim não deixou de elogiar Pedro Barbosa, seu amigo pessoal e ex-colega de equipa.
“Disse uma vez que o futebol não iria desperdiçar o Pedro. Mantenho essa convicção”, sublinhou Paulo Bento.
JOÃO PEDRO VARANDAS VETADO
Filipe Soares Franco está a reaquacionar o nome de João Pedro Varandas para a direcção do Sporting. A inclusão do jovem advogado na lista para o Conselho Directivo com o pelouro da Juventude não é pacífica para algumas das sensibilidades que acompanham o candidato.
Os veteranos da Juventude Leonina, grupo que junta alguns dos fundadores da claque e do qual fazem parte, entre outros, Miguel Salema Garção, Mário Patrício, Marcelo Rebanda ou Nuno Lourenço já fizeram chegar a Soares Franco as reservas que João Pedro Varandas lhes merece.
“Nada nos move contra ele. Achamos que pode ter um lugar na Assembleia Geral, por exemplo, ou apoio na área jurídica, mas ainda lhe falta perfil para integrar a direcção”, afirmou ao CM um elemento deste grupo próximo de Ribeiro Teles. Varandas é próximo de Agostinho Abade, a escolha de Soares Franco para a presidência do Conselho Fiscal. Até ao fecho desta edição, não foi possível ouvir o advogado.
MEIRELES DEIXA SAD MAS FICA NO SPORTING
No âmbito de uma restruturação já em marcha, preconizada por Soares Franco, presidente demissionário e candidato ao acto eleitoral, Rui Meireles e Rogério de Brito, actuais administradores da SAD, deverão cessar funções na empresa que gere o futebol profissional do Sporting. Contudo, Rui Meireles, sabe o CM, deverá manter-se no universo empresarial Sporting, desconhecendo-se, para já, em que funções. Já Rogério de Brito, nem o facto de ter chegado ao clube por indicação de Franco serve para o segurar.
Depois de garantir Ribeiro Teles e Eduardo Bettencourt no Conselho Directivo, mas de olho no futebol, admite-se que Franco esteja agora apostado em encontrar soluções alternativas e consensuais para a SAD. É que tanto Rui Meireles como Rogério de Brito há muito geram discórdia interna.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)