Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

FIFA manda repetir jogo

A FIFA, órgão máximo do futebol mundial, declarou nulo o resultado do jogo do 'play-off' de qualificação para o Mundial, zona asiática, entre o Uzbequistão e o Bahrein depois do árbitro da partida ter cometido ‘um erro técnico’, quando os uzbeques venciam por um a zero.
6 de Setembro de 2005 às 12:17
O comité de arbitragem confirmou que o árbitro japonês, Toshimitsu Yoshida, cometeu um “erro técnico” quando concedeu um livre directo à selecção do Bahrein, quando estava a ser cobrado um penalti a favor do Uzbequistão. A novas regras implementadas este ano dizem que se a grande área for ‘invadida’ por jogadores da equipa favorecida com o castigo máximo a penalidade deve ser repetida, o que se verificou no caso. Se a ‘invasão’ for efectuada por um jogador da equipa do marcador do penalti, aí sim deve ser marcado livre indirecto. A FIFA considerou nulo o jogo e ordenou a repetição do mesmo no próximo dia 8 de Outubro.
Os responsáveis uzbeques consideram esta decisão “injusta” uma vez que o erro surgiu quando já ganhavam por uma bola a zero. Um porta-voz da federação espera que o jogo recomece ao minuto 38 quando já venciam por 1-0 e com a marcação de um penalti.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)