Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Final louco de Cândido na vitória de Garcia

Não foi decisiva, mas deixou a Volta a Portugal mais emocionante que nunca. A subida da Senhora da Graça acabou por coroar mais um ciclista espanhol, neste caso Adolfo Garcia, e o ciclista da Comunitat Valenciana entrou na corrida pelo título. Cândido Barbosa, fazendo jus à alcunha que lhe colocaram, disparou como um ‘foguete’ nos últimos 500 metros da tirada – Celorico de Basto-Alto da Senhora da Graça, com 196,8 km – cortou a meta em 2.º lugar e encurtou a distância para o russo Vladimir Efimkin em 15 segundos (10 de diferença na tirada e dois de bonificação), posicionando-se a apenas 1.11 minutos da tão ambicionada liderança.
14 de Agosto de 2005 às 00:00
Só Adolgo Garcia chegou à frente de Cândido Barbosa
Só Adolgo Garcia chegou à frente de Cândido Barbosa FOTO: Nuno Veiga, Lusa
Com a etapa rainha, as diferenças entre os candidatos diminuíram pelo que, agora, o contra-relógio final de amanhã, em Viseu, assume um carácter decisivo. Se Garcia, Barbosa e Efimkin têm ao alcance o triunfo – com vantagem nítida para o russo – já o espanhol Francisco Perez ficou nas ‘covas’ e está arredado da luta. Um pouco ao contrário do que seria de esperar, a maior parte do pelotão chegou compacto até Mondim, depois de ter ‘sobrevivido’ às contagens de 1.ª na Barragem do Alvão e no Monte do Viso.
É certo que muitas das forças ficaram pelo caminho mas, mesmo assim, os oito quilómetros finais da subida foram de loucos. Na passagem final por Mondim de Basto, Adolfo Garcia – que à partida era 4.º da geral – isolou-se na frente e, a cada pedalada, foi amealhando tempo precioso, que o coloca a apenas dois segundos do 2.º lugar de Cândido. O ‘sprinter’ luso, bem rebocado pelos colegas Hernâni Broco e Rui Sousa, acabou também por ver fugir o russo Efimkin.
Só que, à campeão, e talvez motivado pelas esperanças que os portugueses nele depositam, conseguiu, no quilómetro final, ultrapassar o ‘czar russo’. Já os maiatos, desolados, acabaram por assistir à subida penosa de Francisco Perez, apontado como o principal candidato à vitória.
APELO AO PATRIOTISMO LUSO
Altamente motivado, Cândido Barbosa, um pouco à semelhança do Euro’ 2004, pede aos portugueses que mostrem o seu patriotismo. É que todo o apoio é pouco, isto quando tem 1.11 minutos de atraso para o russo Efimkin, a dois dias do fim da prova.
“A luta está renhida e quero pedir a todos que tragam bandeiras portuguesas para a rua. Sei que vai ser complicado chegar ao 1.º lugar. O Garcia não me preocupa muito, já que não é bom no contra-relógio, mas 1 m 11 s vão ser difíceis de recuperar num ‘crono’ de apenas 36 quilómetros”, adiantou Cândido que na ligação de hoje entre Lordelo e São João da Madeira pode encurtar a margem com as bonificações.
“O Efimkin mostrou que está bem e vou tentar batê-lo”. Quanto à prestação de ontem, o dorsal 91 salientou a prestação da equipa. “Os meus colegas fizeram um excelente trabalho. Defendi-me até ao último quilómetro e depois dei tudo o que tinha para ganhar alguns segundos”.
CLASSIFICAÇÃO NA ETAPA
1.º, Adolfo Garcia (ESP), Com. Valenciana, 5h23m36s
2.º, Cândido Barbosa (POR), LA Alumínios-Liberty, a 46s
3.º, Vladimir Efimkin (RUS), Team-Barloworld, a 59s
4.º, Pedro Arreitunandia (ESP), Team-Barloworld, a 59s
5.º, Juan Gomes (ESP), Com. Valenciana, a 1m04s
CLASSIFICAÇÃO GERAL
1.º, Vladimir Efimkin (RUS), Team-Barloworld, 35h13m36s
2.º, Cândido Barbosa (POR), LA Alumínios-Liberty, a 1m11s
3.º, Adolfo Garcia (ESP), Com. Valenciana, a 1m13s
4.º, Pedro Arreitunandia (ESP), Team-Barloworld, a 3m35s
5.º, Juan Gomes (ESP), Com. Valenciana, a 3m35s
CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPAS GERAL
1.ª, Comunitat Valenciana, 105h57m12s
2.ª, LA Alumínios-Liberty, 106h00m58s
3.ª, Milaneza-Maia, 106h01m35s
4.ª, Paredes-Rota D.M.-Beira T, 106h02m56s
5.ª, Barbot-Pascoal, 106h07m57s
CLASSIFICAÇÃO POR PONTOS GERAL
1º, Cândido Barbosa (POR), L.A. Alumínios, 137 pontos
2º, Bruno Neves (POR), Madeinox, 61
3º, Vladimir Efimkin (RUS), Barlow., 49
4º, Andrei Zintchenko (RUS), Maia, 42
5º, Adolfo Garcia (ESP), Com. Valenciana, 40
PRÉMIO DA JUVENTUDE
1º, Vladimir Efimkin (RUS), Tam-Barloworld
2º, Hernani Broco (POR), L.A. Alumínios-Liberty
3º, Jesus Del Nero (ESP), Orbea
4º, Kanstantsin Siutsou (BLR), Fassa Bortolo
5º, Bruno Pires (POR), Milaneza-Maia
PRÉMIO DA MONTANHA
1º, Krasimir Vasilev (BUL), Tavira, 50 pontos
2º, Rui Lavarinhas (POR), Riberalves, 34
3º, Bruno Pires (POR), Milaneza-Maia, 28
4º, Vladimir Efimkin (RUS), Barloworld, 26
5º, Adolfo Garcia (ESP), Com. Valenciana, 23
HOJE É FAVORÁVEL A CÂNDIDO
Passada a Senhora da Graça, com todas as reservas que ela ainda deixou, a Volta entra hoje na ponta final, onde tudo se decidirá. A etapa de hoje é das que se ajustam às características de Cândido Barbosa, praticamente plana, de Lordelo para S. João da Madeira, com 143,2 km.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)