Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

FRANCISCO CLAVET, UM ADEUS DE OURO

O tenista espanhol Francisco Clavet está a cumprir, aos 34 anos, a última temporada no circuito. E apesar de ter ‘ameaçado’ que abandonava a competição no passado mês de Outubro, decidiu manter-se em cena, disposto a incomodar muita gente...
23 de Março de 2003 às 00:00
Francisco Clavet causou sensação ao afastar o número 1 mundial
Francisco Clavet causou sensação ao afastar o número 1 mundial FOTO: Rhona Wise (Lusa)
Que o diga o australiano Lleyton Hewitt, número um mundial, que foi afastado pelo espanhol em Key Biscayne, no Masters Series de Miami. Leyton Hewitt viu interrompida a série de 11 encontros consecutivos sem conhecer a derrota – venceu os torneios de Scottsdale e Indian Wells –, ao perder logo de entrada neste Masters Series, por um duplo 6-4, diante do esquerdino de Madrid, que há três anos já tinha dominado outro líder do ‘ranking’: Andre Agassi.

"De facto tinha previsto retirar-me em Outubro e este para mim é um ano extra", começou por explicar o pré-reformado Clavet, finalista do Estoril Open, em 1997 e 2001, que prefere continuar "a jogar enquanto o ‘ranking’ permitir aceder aos melhores torneios". Isto apesar de estar pela primeira vez nas últimas 12 temporadas fora do top-100 (é o 116.º) e não ter ganho qualquer encontro no quadro principal das duas provas que disputou este ano (Open da Austrália e Acapulco), antes de ultrapassar a qualificação em Miami, beneficiando da desistência de Vladimir Voltchkov, lesionado no cotovelo direito, numa altura em que o bielorrusso já perdia por 6-0 e 3-0.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)