Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Frederico Silva segue em frente

Frederico Silva apurou-se para os oitavos-de-final do torneio júnior de Wimbledon e está a uma vitória de igualar os melhores portugueses na Catedral do Ténis. Mas vai medir forças com o campeão de Roland Garros.
4 de Julho de 2012 às 16:28
O jovem tenista português Frederico Silva
O jovem tenista português Frederico Silva FOTO: Miguel Seabra

Depois de bater o checo Marek Routa por 6-4 e 6-4 na primeira ronda, Frederico Silva igualou a sua prestação de 2011 no torneio júnior de Wimbledon ao ultrapassar o australiano Jordan Thompson por 6-1 e 6-2 - qualificando-se para os oitavos-de-final. «Agora, tudo o que vier é bom», confessou o rapaz das Caldas da Rainha, sentindo que, ao repetir a façanha da edição transacta e tendo seguidamente pela frente o belga segundo cabeça-de-série (e campeão de Roland Garros) Kipper Coppejans, já cumpriu a missão a que se propôs na Catedral do Ténis.

O embate da manhã de hoje foi resolvido num ápice (69 minutos) e Frederico Silva estava contente: «Foi mais fácil do que estava à espera. Respondi muito bem ao serviço e não estava tão nervoso como na primeira ronda». O jovem esquerdino alinhou seis jogos consecutivos para arrecadar o set inaugural e teve apenas duas baixas de produção no seu serviço (sofreu dois breaks) ao longo de um segundo set interrompido pela chuva. Impôs a cadência da sua pancada de direita no fundo do court, mas soube alternar bem o ritmo das jogadas com a criteriosa utilização da esquerda em slice.

Pedro Felner, o seu técnico, também ficou contente com a prestação de ‘Kiko' e revelou que o seu pupilo tem sentido dores no braço nos últimos tempos. Espera-se que esteja em condições ideais para contrariar o favoritismo de Kipper Coppejans no segundo encontro que irá jogar nesta quarta-feira e ainda na sua estreia na variante de pares ao lado do holandês Max de Vroome. João Cunha e Silva, Nuno Marques (na década de 80) e Gastão Elias (2007) já atingiram os quartos-de-final da prova júnior de Wimbledon no passado.

Nos primeiros dois embates dos quartos-de-final da jornada na competição principal de singulares masculinos, Novak Djokovic e Roger Federer qualificaram-se para uma meia-final de sonho entre ambos - o sérvio bateu o alemão Florian Mayer por 6-4, 6-1 e 6-4, enquanto o suíço derrotou o inglês Mikhail Youzhni por 6-1, 6-2 e 6-2 face a um camarote real com muita realeza monárquica (os Príncipes de Cambridge, William e Kate) e tenística (Rod Laver, Andre Agassi, Steffi Graf e muitos outros campeões).

frederico silva wimbledon ténis torneio londres júniores
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)