Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Futre: “David Luiz tem a garra de Puyol e os pés de Piqué”

Antigo jogador diz que o Benfica tem mais hipóteses de ganhar porque é a equipa que ataca mais.
28 de Novembro de 2009 às 00:00
Paulo Futre
Paulo Futre FOTO: D.R.

Correio Sport – Um Barça-Real Madrid e um Sporting-Benfica. Qual o que lhe chama mais a atenção?  

FutreO clássico espanhol, pelo equilíbrio.  A televisão daqui só mostra a liga russa.

– Quem tem mais hipóteses de ganhar o dérbi lisboeta?

 

– O Benfica ataca mais.

 

– Que opinião tem do Benfica?

 

– Pratica um futebol ofensivo digno de ser apreciado degustando um bom vinho. Construíram um grupo com luvas de pelica. Saíram da Taça mas a imagem está intacta.

 

– E o Sporting?

 

– Uma Liga Europa boa num trajecto irregular. É curioso mas a equipa sorriu e abraçou-se muito no último jogo.  Se ganharem, verão luz no túnel.

 

– O que pensa de Carvalhal e de Jorge Jesus?

 

– Estão diante da grande oportunidade.  Jesus provou ser a opção certa. E o Carvalhal quer mostrar que é mais do que uma solução cómoda.

 

– Em Espanha, fala-se de Di María, David Luiz e Miguel Veloso. Quem lhe enche as medidas?

– David Luiz, futuro titular do Brasil. O Benfica não o segura, ele é top. Tem a garra do Puyol e os pés do Piqué, do Barça.

NO QUARTO COM CARVALHAL

 

Paulo Futre, de 43 anos, foi companheiro de quarto do agora treinador do Sporting nas selecções jovens. “Dos iniciados aos sub-21. Era mais calmo do que eu e os outros, um bom rapaz. Via-se que era inteligentíssimo”, conta. De Jorge Jesus, lembra-se de jogar “contra ele em 84/85”, quando o técnico actuava no Farense. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)