Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Galo virou canja antes do descanso

Dragão geriu a bateria depois de duas recargas que resultaram em golos. Decisão de fechar a porta do mercado a Jackson e Varela revela-se acertada
15 de Setembro de 2013 às 01:00
Varela festega o 1.º golo do FC Porto com Jackson
Varela festega o 1.º golo do FC Porto com Jackson FOTO: José Coelho/Lusa

Costuma dizer-se que só o peru morre de véspera, mas, ontem, foi o galo de Barcelos a entrar praticamente derrotado no terreno do Dragão, onde nunca conseguiu pontuar. Dois golos em dois lances de recarga, ainda na primeira parte, permitiram ao FC Porto gerir a bateria e pensar na viagem até Viena, no primeiro jogo para a Liga dos Campeões.

Foi também de véspera que os azuis-e-brancos começaram a ganhar o encontro. O início de setembro trouxe o fecho do mercado e o definitivo cerrar de portas para jogadores pretendidos, com especial destaque para Jackson Martínez e Silvestre Varela. Ironia do destino ou uma estratégia a resultar, foram precisamente os dois atletas que assinaram a folha de marcadores na quinta vitória de Paulo Fonseca em cinco jogos oficiais ao comando dos dragões.

Dois tentos em lances similares, com cruzamentos para área e a força aérea de Maicon, primeiro, e de Licá, depois, a derrubar a muralha defensiva gilista. Varela, à segunda, e Jackson (mantém a média de um golo por jogo), também de recarga, tornaram um galo em canja, dando cor ao total domínio dos portistas antes do descanso.

Descanso enquanto intervalo, mas também no reduzir de velocidade da parte dos dragões, facto aproveitado pelo Gil Vicente, que até conseguiu criar boas oportunidades desperdiçadas por César Peixoto – exibição positiva no regresso a casa conhecida - e Peck’s. Reação, ainda assim, infrutífera, não conseguindo retirar o FC Porto do poleiro do campeonato, numa liderança que continuará isolada.

Registo ainda para 20 meses dos portistas sem derrotas para o campeonato. A última tinha sido com o Gil Vicente, mas, ontem, não houve milagre que ajudasse João de Deus.

FC PORTO GIL VICENTE JOGO FUTEBOL LIGA
Ver comentários