Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

GAMBOA VOLTA A SER OPÇÃO PARA SOUSA

O técnico do Beira-Mar não faz por menos: Entre os convocados para a deslocação a Moreira de Cónegos, onde o Beira-Mar hoje defronta o Moreirense, estão sete avançados. A ideia é clara e o objectivo dos aveirenses passa por uma vitória fora de portas para entrar no novo ano a vencer.
4 de Janeiro de 2004 às 01:26
António Sousa acredita que a sua equipa consiga manter os índices de eficácia ofensiva e não hesitou em reforçar o ataque com mais um elemento. Desta forma, Gamboa substitui o médio esquerdo Diogo Luís, utilizado frente ao Nacional da Madeira, juntando-se assim à ‘constelação’ de estrelas formada por Clyde Wijnhard, Kingsley, Whelliton, Rui Dolores, João Paulo e Carlinhos.
Assim, não será por falta de poder de fogo que os três pontos em disputa não reverterão a favor dos de Aveiro.
PONTARIA AFINADA
Durante a semana, os trabalhos incidiram essencialmente na finalização. O holandês Wijnhard e o nigeriano Kingsley voltaram a revelar-se mestres na eficácia, explicando porque são duas das grandes figuras da equipa ‘auri-negra’.
A meio-campo, a segurança de Sandro e a experiência de Juninho Petrolina, poderão ditar a superioridade num campo tradicionalmente difícil como é o de Moreira de Cónegos. Para tanto, o treinador Sousa opta pelo discurso habitual e que visa objectivamente a vitória. "Queremos começar bem o Ano Novo. Sabemos que o adversário é poderoso quando joga em casa e naturalmente que estamos prevenidos. Vencer significa continuar em quarto lugar, o que seria ouro sobre azul", afirmou o técnico, visivelmente optimista.
Com a manutenção à mão de semear – O Beira-Mar está a seis pontos de assegurar a permanência– é fácil concluir que o assunto pode ficar arrumado ao final da primeira volta. Basta vencer o Moreirense e depois o Gil Vicente em casa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)