Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

GARZELLI DEMOLIDOR

O italiano Stefano Garzelli (Vini Calderola) regressou ontem às grandes vitórias com um triunfo categórico na terceira etapa do ‘Giro’, com o seu compatriota Alessandro Petacchi (Fassa Bartolo) a manter a desejada camisola ‘rosa’.
13 de Maio de 2003 às 00:00
Garzelli, que parece finalmente livre do fantasma do ‘doping’ que no ano passado lhe custou duas etapas e a expulsão da prova quando vestia a camisola ‘rosa’, cumpriu os 140 quilómetros da tirada, disputada entre Policoro e Terme Luigiane, em 3:34.38 horas.
Com um triunfo pleno de força, o italiano Garzelli revelou-se imbatível nos últimos 1500 metros, superiorizando-se à concorrência na difícil subida que chegou a atingir os seis graus. O seu esforço foi recompensado, com a subida ao segundo lugar da geral, logo atrás de Petacchi.
Entretanto, as equipas portuguesas da Maia/Milaneza/MSS e a LA Pecol iniciam hoje a sua participação na 47.ª Volta às Astúrias, que este ano conta com cinco etapas, num total de 830 km.
A Maia estará representada por: Fabian Jeker, Angel Edo, Txema del Olmo, Carlos Carneiro, Joan Horrach, Lizuarte Martins e Renato Silva.
Por seu turno, a formação da LA-Pecol será composta por: Andrei Zintchenko, Juan Gomis, Luís Pinheiro, Pedro Andrade, Nuno Ribeiro, Pedro Lopes, Ruben Orbeaskoa e Vicente Reyes.
MAIA SOBE AO 7º POSTO
A Maia-Milaneza-MSS, vencedora da Volta à Romandia há pouco mais de uma semana, subiu ao sétimo lugar do ‘ranking’ mundial das equipas, ontem publicado pela União Ciclista Internacional (UCI), enquanto o maiato Francisco Perez já é 48.º.
A equipa lusa, que já tinha subido quatro posições depois do segundo lugar na Volta a Aragão (Espanha) e após a vitória no Grande Prémio MR Cortez, ascendeu mais cinco postos na classificação da I divisão, totalizando agora 2139 pontos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)