Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Gestor do Benfica desiste de queixa contra o CM

Domingos Soares de Oliveira exigia a proibição imediata de notícias sobre o caso dos mails.
Débora Carvalho 10 de Maio de 2018 às 01:30
Soares de Oliveira
Domingos Soares de Oliveira
Domingos Soares de Oliveira
Soares de Oliveira
Domingos Soares de Oliveira
Domingos Soares de Oliveira
Soares de Oliveira
Domingos Soares de Oliveira
Domingos Soares de Oliveira
O administrador da SAD do Benfica Domingos Soares de Oliveira desistiu da ação contra os jornalistas do CM, CMTV, ‘Sábado’ e ‘Record’ (publicações do grupo Cofina), na qual pedia a proibição imediata de notícias relacionadas com o caso dos mails.

Em causa está a decisão da juíza Maria Filomena Alves, do Juízo Local Cível de Lisboa, que rejeitou a ação de tutela de personalidade para calar o CM e a CMTV, remetendo a queixa de Soares de Oliveira para julgamento. Face à decisão, o gestor da SAD do clube encarnado informou o tribunal, na segunda-feira, que não queria continuar com o processo. O tribunal já deu a ação como extinta.

Num requerimento apresentado no Juízo Local Cível de Lisboa, a defesa de Soares de Oliveira pedia a proibição da publicação de toda e qualquer notícia relacionada com os mails do autor; a proibição de qualquer referência aos mails constantes da caixa de correio eletrónico do administrador da SAD do Benfica ou de outra caixa de correio que se referisse à sua conduta; a eliminação de todas as notícias relacionadas com os mails de Soares de Oliveira; e ainda a fixação de uma sanção não inferior 100 a mil euros por cada violação de uma eventual ordem de proibição.

Num despacho de dia 2 deste mês, a magistrada, citando a jurisprudência do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, entendeu que as "limitações eventualmente admissíveis à liberdade de expressão devem ser estritamente controladas e na medida estrita do necessário à salvaguarda de outro direito de idêntica magnitude".

Os mails que visam várias figuras do Benfica foram divulgados publicamente por Francisco J. Marques, assessor de comunicação do FC Porto, no Porto Canal.

Chamou a Rui Costa "preguiçoso"
Alegados mails trocados entre Domingos Soares de Oliveira e outros dirigentes da cúpula benfiquista foram há alguns dias revelados em blogues da internet.

Entre a diversa correspondência eletrónica, uma das mensagens referia-se a Rui Costa, ex-jogador e agora administrador, nos seguintes termos: "Rui Costa está completamente fora de ação. Já não é chefe de nada. Nesta casa não há lugar a chefe preguiçoso e presunçoso." Esta alegada mensagem terá sido enviada a um consultor em setembro de 2011.

PERFIL 
Domingos da Cunha Mota Soares de Oliveira nasceu em Lisboa a 4 de junho de 1960 (57 anos) e é administrador-executivo da SAD do Benfica desde 2004, praticamente a mesma altura em que Luís Filipe Vieira chegou à liderança das águias.

O CEO do clube da Luz é uma das figuras em quem o presidente deposita maior confiança, sobretudo na área financeira, apesar de alegadamente ser adepto do Sporting. É um dos principais rosto das melhorias do clube no que toca às contas.

O dirigente licenciou-se em Informática e Gestão pela Universidade de Paris XI, em 1983, foi analista na Union Française des Banques, diretor
de Sistemas de Informação da Locapor; administrador da Unisoft – Grupo Unisys; administrador-Delegado da Geslógica – Grupo SAPE; administrador-delegado da Cap Gemini Ernst & Young Portugal e CEO da Cap Gemini para Espanha e Portugal.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)