Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Gil renasce com goleada preciosa

O Gil Vicente, que não vencia há oito jogos, conseguiu ontem três pontos preciosos na Figueira da Foz frente a um adversário directo na luta pela permanência, a Naval. O antigo jogador do Benfica Nandinho foi o herói da tarde, apontando o segundo e terceiro golos do clube de Barcelos. O árbitro, Lucílio Baptista, mostrou sete amarelos e um vermelho.
16 de Abril de 2006 às 00:00
Começou melhor o Gil, inaugurando o marcador no quarto minuto, através do central Gregory, numa recarga de bicicleta após livre de Gouveia. Em penúltimo lugar na tabela, a equipa visitante fazia o mais difícil e sacudia a pressão. Aos 28’, a tarefa ficou facilitada: o guarda-redes da Naval, Taborda, foi expulso depois de carregar Bruno Tiago, que ia rematar para a baliza, fora da grande área. Quando se esperava que a equipa da casa afundasse, ocorreu o oposto. Já com Wilson Júnior na baliza, por troca com o médio Pedro Santos, a Naval, mesmo nervosa e em inferioridade numérica, reagiu e igualou a cinco minutos do intervalo por Fajardo, de longe o mais inconformado. O treinador Rogério Gonçalves respirava de alívio, no final de uma primeira parte bem disputada.
Depois, a velocidade e experiência de dois ex-benfiquistas definiram o desfecho. Outra vez feliz, o Gil Vicente recuperou a liderança do marcador no terceiro minuto da segunda parte, por Nandinho, que iria bisar aos 61’, após passe de Carlitos. Os três pontos estavam atribuídos e a segunda parte é a história da superioridade minhota, selada aos 90’ por... Carlitos. A Naval complicou a sua situação e vai a Alvalade na próxima jornada, enquanto o Gil Vicente recebe o Rio Ave.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)