Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Gilberto Madail diz que Portugal não vai protestar jogo

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Gilberto Madail, confirmou esta sexta-feira o jogo sob protesto na Bósnia-Herzegovina, mas revelou que a entidade vai prescindir de avançar com o processo na UEFA.
11 de Novembro de 2011 às 21:58
Gilberto Madail ficou descontente com o estado do relvado
Gilberto Madail ficou descontente com o estado do relvado FOTO: Nuno Veiga/Lusa

"Portugal jogou sob protesto. Estivemos indecisos até quase ao início do jogo, mas avançámos quando soubemos que a Bósnia-Herzegovina ainda por cima regou o relvado", contou.

Ainda assim, o dirigente revela que Portugal não vai avançar com o processo. "Jogámos sob protesto, mas este acaba aqui. Que sirva pelo menos para que outras equipas não passem pelo mesmo do que nós, não sejam obrigados a jogar como nós. Não iremos confirmar o protesto", disse o líder federativo.

Madail admitiu que "naturalmente queria mais do que este empate (0-0)", mas, ainda assim, lembrou que "do mal o menos".

Gilberto Madail Portugal Bósnia-Herzegovina UEFA FPF Federação Portuguesa de Futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)